SCInternacional.net

Ao lado de Medeiros, Alex se despede do Inter: "A vida não acaba aqui. O clube vai seguir. O mais importante é sempre o clube"

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Alex esteve no vestiário se despedindo dos jogadores e funcionários do clube, muito emocionado, o ídolo colorado, ao lado do presidente Marcelo Medeiros, concedeu uma rápida entrevista coletiva. Estas foram as principais declarações:

Marcelo Medeiros: "Ontem (terça), quando conversamos e definimos a rescisão do Alex, disse para ele o que comentei hoje. Nós colorados só podemos dizer muito obrigado. Um jogador como ele só pode ser tratado com respeito e gratidão". 

"São mais de 300 jogos honrando a camiseta do #Inter. São muitas taças conquistadas. Ele merece ser tratado com respeito."

"Quando um jogador atinge a condição de ídolo, ele tem que ter respeito e carinho do presidente, torcedores e imprensa."

Alex: "Isso (a despedida) ia chegar em algum momento, é difícil falar. Mas a gente vive em um mundo competitivo que precisa de resultado. É um dia triste, a saída em si acaba sendo. O problema é sair em um momento como esse (na Série B). Não é por mim, pela carreira, mas pelo momento do clube, o torcedor. Não conseguimos deixar o Inter de uma maneira melhor".

"O Marcelo (Medeiros) foi quem me buscou do Catar para voltar. Eu coloco a mão no fogo por ele."

"A vida não acaba aqui. O clube vai seguir. O mais importante é sempre o clube."

"Não tem vilão aqui por conta da minha saída. A porta fica aberta. O importante é cada um seguir no seu caminho com alegria."

"Eu sigo como atleta. O #Inter, o Rio Grande do Sul e Porto Alegre me fizeram crescer como ser humano."

"A porta fica aberta. O importante é seguir caminho com alegria e respeito. Mesmo no encerramento, agradeço a maneira com o que fui tratado. Nunca imaginei alcançar tanta coisa, nunca tive a pretensão de ser o que as pessoas falam que sou. E também dizer, não sei o que será da minha vida. Hoje estou desempregado. Sigo como atleta "