SCInternacional.net
Odair Hellmann
Treinador
Local de nascimento
Salete (SC)
Ano de nascimento
30/11/-0001
Peso
Altura

Carreira

Como jogador
Odair foi revelado no próprio Inter, mas também atuou em clubes como Fluminense, Brasil de Pelotas, Veranópolis e Remo. Também possui experiência internacional ao ter atuado no Enköpings, da Suécia, e no Eastern, de Hong Kong.

Como assistente e auxiliar técnico
Chegou ao Inter no final de 2009, tendo sido assistente técnico do time juvenil (2010/2011) e da equipe Sub-20 (2012). Depois virou auxiliar técnico da comissão permanente do grupo profissional em 2013, tendo trabalhado com Dunga, Abel Braga e Diego Aguirre, entre outros. Em paralelo ao Inter, chegou a trabalhar com Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 2016 - na ocasião, o Brasil levou o ouro pela primeira vez na competição de futebol.

Como treinador
Em 2015, Odair treinou interinamente o Inter em duas partidas, sucedendo Diego Aguirre, tendo uma derrota histórica por 5 a 0 para o Grêmio e uma vitória. Posteriormente, treinou o time interinamente ainda em 2017, na Copa do Brasil, tendo vencido o Palmeiras por 2 a 1. Na ocasião, Antônio Carlos Zago havia sido demitido. Posteriormente, veio Guto Ferreira, que ficou na equipe colorada por quase seis meses. Mas ainda em novembro de 2017, Guto é demitido e Odair assumiu interinamente outra vez para as três partidas finais do time na Série B.

Tendo apresentando um bom desempenho, com um empate e duas vitórias, tendo quase conquistado o título da Série B, aliado à recusa de Abel Braga e Roger Machado, Odair Hellmann foi efetivado pelo Inter e se tornou o treinador do clube a partir de 2018, seguindo o caminho de nomes como Jair Ventura (treinador do Botafogo) e Fábio Carille (treinador do Corinthians, campeão brasileiro em 2017 como treinador).

Por ter sido auxiliar técnico do Brasil na conquista do ouro nos jogos olímpicos de 2016 e ter convivido com Neymar, recebeu um convite para fazer um estágio e acompanhar o PSG de perto em pré-jogo e pós-jogo.