Texto por Colaborador: Redação 04/02/2020 - 11:35

Pela manhã desta terça-feira(4) a rádio Gre-Nal conversou com Rodrigo Caetano, executivo de futebol do Inter, que respondeu as perguntas do jornalista e falou principalmente sobre a negociação com Charles Aránguiz. Confira os principais trechos.

TEXTO

Reforços e mecado: “Vamos seguir buscando e olhando o mercado. Temos o mês de fevereiro para buscar a contratação. Nossa ideia seria a contratação de mais uma peça e ela será de ataque”

Sobre os moldes de contratação que o clube vem adotando: “Tanto o Marcos Guilheme, o Boschilia e o Moisés vieram nesse molde de negócio. Compramos uma parte do percentual porque não temos condições de adquirir a totalidade”.

Sobre Aranguiz: “Até o presente momento não é do interesse dele de resolver sua vida antes do final de seu contrato. Não temos nada assinado com ele. Tivemos uma conversa no começo do ano e o negócio não evoluiu”.

“Não é o Inter que inviabilizaria este negócio”.

Sobre a renovação de Juliano Fabro: “Trata-se de um jovem valor, talvez no ano passado não tenha um melhor aproveitamento na equipe SUB-23. Na relação contratual vamos resolver e no momento certo vamos divulgar”.

Sobre as falhas defensivas neste início temporada: “Foi dado uma ênfase muito grande na parte física para suportar o ano. Pode ter certeza que no decorrer do ano estes acertos serão feitos no decorrer do ano”.