O Cruzeiro saiu de cena e o Atlético está a um passo de fechar a vinda do meia-atacante Valdívia, junto ao Internacional. Seria mais um reforço ofensivo para a equipe de Roger Machado. O jogador, que completará 23 anos em outubro, deve acertar por empréstimo de 12 meses com o Galo, tendo o Inter de receber uma compensação financeira. Para acelerar o "sim" do Colorado na negociação, o clube mineiro possui dois "trunfos".

Atlético e Internacional já fizeram um acordo comercial este ano. Mas não é o fato de ter emprestado o atacante Carlos ao Beira-Rio, em detrimento do interesse do Vitória, que pesará para o Inter aceitar ver Valdívia vestir alvinegro em 2017. Outros ex-atleticanos com passagens pelo time gaúcho terão mais peso na negociação.

O Inter mantém ainda dívida financeira com o Galo por conta da contratação do volante Eduardo Henrique no ano passado. O jogador formado em parte nas categorias de base do Galo deixou BH para Porto Alegre após pedir um alto salário na renovação de contrato e foi liberado para acertar com os gaúchos. Em fevereiro deste ano, o diretor jurídico do Atlético, Lásaro Cândido, afirmou que enquanto o clube tratava da dívida com o Grêmio pela compra de Victor, também era credor de outros times do Brasil. O Inter está nesta lista, segundo apurou, em fevereiro, o portal mineiro Hoje em Dia.

Outro ponto a favor do Atlético é que o clube é dono majoritário dos direitos econômicos de Réver. Capitão do Galo na conquista da Copa Libertadores, Réver deixou o Atlético em janeiro de 2015 para acertar com o Inter. Na negociação, o alvinegro manteve 60% dos direitos do defensor, atualmente com a braçadeira do Flamengo. A porcentagem do zagueiro em posse do Galo foi confirmada pelo presidente Daniel Nepomucen, ao HD, em março.

 

O Atlético, assim, poderia abater os custos do empréstimo de Valdívia com o abatimento da dívida por Eduardo ou até mesmo repassando fatias de Réver ao time do Beira-Rio. Vale ressaltar que o zagueiro está emprestado pelo Inter ao Flamengo até junho e o próprio já manifestou interesse de permanecer no Rio de Janeiro. O Galo, que não terá Réver novamente, lucraria se comercializar os 60% ou parte dele, sendo que Inter e Flamengo são dois potenciais compradores.

ZAGUEIROS
Além de Valdívia, Inter e Atlético conversam sobre outra negociação, dupla, também por empréstimo. Viria para BH o zagueiro Ernando, em troca da ida do defensor Erazo para Porto Alegre. Cada clube bancaria os salários dos novos jogadores.

Erazo, entretanto, treinou normalmente na Cidade do Galo nesta quinta-feira (18) e ainda postou uma frase no Instagram dando pistas de quem quer permanecer no atual clube: "Excelente treino hoje. Doido por entrar em campo e ajudar a minha equipe".

Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia / Frederico Ribeiro