Mais de 25 mil colorados presenciaram, novamente, um futebol HORROROSO do time de Guto Ferreira, que não teve a mínima capacidade de superar um adversário que não ganhava a 4 partidas e briga pelo descenso da competição. Dessa vez, a frustração veio diante do CRB, em pleno Beira-Rio, após um 0 a 0 nos mais de 90 minutos de futebol, válidos pela 33° rodada. Com o resultado, o Inter soma 62 pontos e lidera a Série B, mas segue penando para confirmar o bendito acesso.

Na próxima rodada, o Inter enfrenta o Luverdense. A partida será disputada na segunda-feira, às 20h, no Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. 

Ao final da partida o técnico Guto Ferreira foi muito vaiado pelos torcedores.

O melhor lance da partida foi justamente do CRB. Aos 16 minutos da etapa final, Danilo Pires encontrou Neto Baiano, que chutou para grande defesa de Danilo Fernandes. O Colorado teve sua chance com Carlos, que completou cruzamento de Uendel, mas Edson Kölln pegou aos 32. Já nos acréscimos, aos 49, Winck perdeu embaixo do gol, em uma síntese dos erros do time. A fraca produção culminou com novas vaias dos torcedores

O 0 a 0 entre Inter e CRB resume o que foi o primeiro tempo. Não que a partida tenha sido sem chances. O Colorado arriscou. Tentou em 14 oportunidades. Porém, em sua maioria, longe do gol de Edson Kölln. O time abusou das bolas alçadas à área. Enquanto isso, o CRB ficou fechado e evitou os avanços dos gaúchos

Na etapa final, a fraca qualidade da partida prosseguiu. E quem teve a melhor chance foi o CRB. Aos 16 minutos, Danilo Pires tocou para Neto Baiano, que chutou e obrigou Danilo Fernandes a salvar o Inter. Os donos da casa também perderam uma oportunidade. Aos 32, Carlos completou cruzamento de Uendel, mas Edson Kölln fez grande defesa. Aos 49, Cláudio Winck perdeu embaixo do gol. Com o término da partida, os torcedores vaiaram o time

ESCALAÇÕES: