17 de dezembro de 2006 está marcado na memória dos torcedores do Inter. Vivendo dias de muita turbulência, a data remete a um dos momentos de glória do clube, quando foi campeão mundial diante de um Barcelona histórico que contava com Ronaldinho Gaúcho & Cia.

Técnico do Inter na ocasião, Abel Braga revelou neste sábado (8) em entrevista ao programa Aqui com Benja, da Fox Sports, uma conversa que teve com os atletas do time de 2006 horas antes do confronto contra o Barcelona, que deu confiança ao atual treinador do Fluminense.

“Eu acreditava porque o que aconteceu no treinamento, da maneira que eu ia jogar, deu errado. E os jogadores foram ao meu quarto…o Pato, Fernandão e Iarley. Eles disseram que queriam conversar comigo e começaram: ‘Professor, temos que marcar pressão no Barcelona, marcar a saída de bola’. Eu respondi: ‘Você ficaram completamente loucos'”, revelou.

“Eles me contaram que foi pelo o que aconteceu no treinamento e eu disse: ‘Eu vou mostrar o que deu errado e se não fizer errado, nós vamos complicar a vida deles (Barcelona). No treino nós jogamos com um tripé no meio e fechando o lado esquerdo deles que tinha Ronaldinho e Deco. Deixamos o lado direito livre para ter um homem a mais no meio, mas quando o lateral (Beletti) subisse, o Alex ia tombar para não deixar o nosso lateral no mano a mano”, continuou.

Abel conta que explicou o que estava acontecendo aos seus jogadores e elogiou a postura do time que derrotou o Barcelona por 1 a 0, com um gol do atacante reserva Adriano Gabiru.

“Só que no treinamento o Alex saia da zona e estava indo para o campo ofensivo para tentar tomar à frente. Isso ficava ‘meia boca’ porque ele não ficava nem no meio e nem marcava. E os caras ainda queriam me pedir para marcar pressão no Barcelona (risos). Então, de noite fui lá e mostrei o que tinha que ser feito e tudo correu muito bem”, concluiu.

por Ivens Zanetti / Torcedores.com