Contratado junto ao Juventude no começo da temporada passada Brenner chegou ao Inter meio tímido e “escondido” digamos assim da maior parte da torcida, com a sua aquisição justificada como uma peça de reposição sendo usado assim durante o ano no elenco, mas que dificilmente brigaria pela titularidade.

Ao decorrer das competições teve muitas poucas oportunidades para jogar, também devido ao mau momento dentro das quatro linhas onde apostar em um coadjuvante era algo impensável no momento, ficou a maior parte jogos no banco de reservas colorado e por vezes até fora dele.

Enfim no início de 2017 o time agora dirigido por seu ex-comandante no alviverde da serra gaúcha Antônio Carlos Zago, que viria com o propósito de remontar e renovar o time para a série B propiciando assim novas chances aos menos utilizados no ano anterior lhe deu uma oportunidade(como deu e ainda está dando a todos) de atuar um pouco mais, o restante dessa história estamos presenciando até aqui.

Marcando seu sexto gol em quatro partidas com o manto alvirrubro, Brenner Marlos Varanda de Oliveira ou simplesmente Brenner vem sendo o grande destaque da equipe sendo inclusive o artilheiro desse começo de trabalho até o presente momento, assumiu para si a responsabilidade de exercer o papel de “cazagoles” em um grupo que tem as presenças de Nico López, agora com Carlos e mais a frente com a chegada do artilheiro do ultimo Brasileirão William Potkker, bela sombra não?!

O mato-grossense de 22 anos parece viver uma fase esplendorosa e vibrante diante da meta adversária, aproveitando-se de seu poder de decisão juntamente com o oportunismo que lhe caracteriza vem constantemente balançando as redes e enchendo os olhos dos adeptos vermelhos ,e partindo da meritocracia que deve ser adotada principalmente se o mesmo prosseguir nessa toada não será facilmente desbancá-lo, o camisa trinta e oito vem literalmente merecendo cada vez mais o posto de dono da “nove” colorada.

POR LEANDRO TAVARES / Contato: https://twitter.com/LeTavares5