Ainda precisando pontuar para confirmar matematicamente o acesso para a Série A de 2018, o Inter faz uma campanha abaixo do esperado na Série B. Na comparação do aproveitamento com os outros clubes grandes que disputaram a competição, o Cluve do Povo tem apenas a sétima melhor campanha.

A Série B contou com pelo menos um clube dos considerados grandes em 12 oportunidades. A melhor campanha foi do Corinthians, que em 2008 teve 74,5% de aproveitamento. O Palmeiras tem a segunda e a terceira melhores campanhas na Série B. Em 2003, na sua primeira participação na segunda divisão, ganhou 72,2% dos pontos disputados. O clube voltou a disputar a segunda divisão em 2013, quando teve 69,2% de aproveitamento. O aproveitamento atual do Inter na Série B é de 61%. Levando em consideração a era dos pontos corridos – desde 2006 -, o Colorado tem o terceiro pior desempenho de um clube grande. Está à frente apenas de duas campanhas do Vasco da Gama, que obteve 57% dos pontos, em 2016, e 55,2%, em 2014. O time carioca não foi campeão em nenhuma dessas participações. Ou seja, a campanha atual do Inter é inferior a de todos os grandes campeões na era de pontos corridos.

A campanha atual do Inter ainda é melhor que as duas participações do Grêmio na Série B. O Grêmio teve 59,5% de aproveitamento em 2005. Em 1992, a campanha foi de 55%, a segunda pior entre os grandes – perdendo apenas para o Fluminense, que, 36% de aproveitamento, foi rebaixado para a Série C em 1998.

Confira as campanhas dos clubes grandes na Série B

1º Corinthians (2008) 74,5%
2º Palmeiras (2003) 74,2%
3º Palmeiras (2013) 69,2%
4º Vasco (2009) 66,6%
5º Botafogo (2015) 63,1%
6º Atlético-MG (2006) 62,2%
7º Inter (2017) 61%
8 º Grêmio (2005) 59,5%
9º Vasco (2016) 57%
10º Botafogo (2003) 56,1%
11º Vasco (2014) 55,2%
12º Grêmio (1992) 55%
13º Fluminense (1998) 36,%

Fonte: Correio do Povo