Jogando pelo América-MG, o lateral Ceará deu entrevista para a rádio Gre-Nal sobre sua passagam pelo Inter. Confira alguns trechos.

"O América é uma equipe que está realizando um grande trabalho na série-B em busca do seu objetivo."

"O coletivo do América-MG é muito forte, o grupo é bom, estamos felizes pela campanha que estamos fazendo."

"Futebol é dirigido por seres humanos, existem acertos e erros, infelizmente foi preciso deixar o clube antes do fim do contrato."

"Não estou com nenhuma magoa do Inter. O mundo do futebol é assim, mas só tenho à agradecer ao Inter."

"Respeito a decisão dos dirigentes do clube sobre a minha saída, mas a minha chegada também não foi como a gente queria."

"Infelizmente a minha segunda passagem no Inter não foi como eu gostaria."

"Jogo futebol porque gosto, amo essa profissão, a cada dia estou realizando o meu sonho."

"Ao longo dos anos, o nível técnico do futebol brasileiro acabou caindo, tanto o nível técnico, quanto tático."

 "Alguns times jogam mais preocupados em destruir a estrategia do adversário, do que construir algo novo dentro de campo."

"O grande favorito na série B é o Inter, tanto pelo investimento quando pelo tamanho do clube."

"Equipes como América-MG, Vila Nova, Ceará e Juventude vejo como grandes candidatos ao acesso para a primeira divisão."

"Nosso ponto forte é o grupo de jogadores e o projeto da direção. Nosso conjunto está se sobressaindo, bem."