Com o apoio incessante de mais de 30 mil colorados em um sábado chuvoso em Porto Alegre, o Internacional encerrou com vitória sua participação na Série B. O time superou o Guarani por 2 a 0, com dois gols de Nico López marcados no primeiro tempo, encerrando a competição com 71 pontos, na segunda colocação, atrás apenas do América-MG com 73 pontos. América-MG, Inter, Ceará e Paraná conquistaram o acesso e estarão na elite nacional em 2018. 

Agora as preocupações voltam-se para quem será o treinador e o nível do elenco para o Brasileiro de 2018. O atual grupo de jogadores entra em recesso, com a próxima partida oficial sendo disputada no dia 18 de janeiro diante do Veranópolis, no Gigante, pela estreia no Gauchão 2018.

Com exceção de um chute perigoso de Richarlyson logo no início, o Inter controlou as ações no primeiro tempo. Algo que já era de se esperar. Não apenas pela superioridade técnica, mas também por ser o único time em campo a ambicionar algo ainda na Série B. O maior volume de jogo logo se transformou em vantagem no placar. Nico López marcou aos 15 e aos 25 minutos, em boas tramas com Pottker, no primeiro gol, e Camilo, no segundo. A defesa bugrina reclamou de impedimento na origem de ambos os lances. O Guarani equilibrou um pouco mais na reta final, porém, sem assustar Danilo Fernandes.

16A etapa final começou semelhante à primeira, com o Guarani tomando a iniciativa. Só que desta vez, os visitantes conseguiram manter o nível por mais tempo e quase diminuíram em duas oportunidades: Luiz Fernando acertou o travessão e depois Denner colocou Danilo Fernandes para trabalhar em chute dentro da área.

O ritmo do Guarani diminuiu com a contestável expulsão de Philipe Maia, aos 24 minutos. Com um a mais, o Inter retomou o domínio territorial, criou com Edenílson e Cláudio Winck, mas já sem o mesmo ímpeto de antes. Ainda mais que, a essa altura, o América-MG já vencia em Belo Horizonte. / 12

INTER 2X0 GUARANI

ESCALAÇÕES: