Com gol de Nico López, o Colorado voltou a vencer no Campeonato Gaúcho, o São Paulo-RS, por 1 a 0, pela 8° rodada, no que foi o maior público do Inter no ano em casa. Agora o alvi-rubro tem mais três jogos pela frente no Estadual.

Mais do que qualquer coisa, o Inter precisava era dos três pontos no Campeonato Gaúcho. Afinal, tinha apenas uma vitória em sete rodadas da competição. Neste sábado, o Colorado superou o São Paulo de Rio Grande por 1 a 0, com gol de Nico López, em assistência de Brenner, e entrou na zona de classificação do Gauchão - algo que já preocupava os torcedores. O dia foi de homenagens também no Beira-Rio: às mulheres, pelo seu dia no início deste mês, para D’Alessandro, pelos 350 jogos, e para Fernandão, que completaria 39 anos neste sábado.

O domínio colorado ficou claro na primeira etapa. Mas demorou para se concretizar em chances criadas para finalizar. Brenner teve duas oportunidades, mas parou em Roballo. A posse de bola não se via em jogadas de perigo para os colorados. Mas um lançamento de Carlos abriu o espaço necessário. Brenner recebeu, driblou o goleiro e deixou Nico López na boa para marcar o gol. O São Paulo pouco apareceu na área de Danilo Fernandes.

O segundo tempo foi menos intenso, por causa da vantagem no placar. Pela esquerda, Uendel realizava boas jogadas na linha de fundo, entretanto, ainda faltava o último toque na bola para ampliar o marcador. Os visitantes, por sua vez, saiu mais para o jogo. Em determinados momentos, levou perigo a Danilo, que realizou importantes intervenções, inclusive nos acréscimos. Zago colocou em campo Valdívia e Roberson nos lugares de Nico López e Brenner, respectivamente, mas o placar permaneceu o mesmo até o final.

Com a vitória, o Inter chega aos 10 pontos e pula para a sexta colocação do Gauchão. Já o São Paulo fica em nono pelos resultados da rodada e ainda pode ver o São José o ultrapassar neste domingo.

O próximo adversário é o Ypiranga, na quarta-feira (22/3), às 19h30, no Colosso da Lagoa, pela nona rodada.

DESTAQUES POSITIVOS: DANILO,  BRENNER E NICO.
NEGATIVO: ERNANDO.