Em jogo que se apresentou com diferentes faces em suas duas metades, o Internacional assegurou o empate no fim da partida, apesar da ligeira melhora no desempenho ofensivo o time de Guto Ferreira pecou nas finalizações, obtendo mais um resultado insuficiente sobre seus domínios, tendo somado apenas uma única vitória no Beira-Rio.

O elenco colorado dotado do entusiasmo inicial do jogo partiu para cima, criando algumas poucas chances de faturar o seu tento, mas foi pego de surpresa com o gol do Criciúma, numa completa desatenção do sistema defensivo alvirrubro, em que o centroavante criciumense apareceu com folgas no meio da grande área para empurrar para as redes de Danilo Fernandes, após sair atrás no placar os colorados pareceram reduzir um pouco seu ritmo preliminar, cedendo alguns metros de terreno para o adversário.

O vestiário se mostrou bastante efetivo, fazendo com que o time iniciasse uma batalha pelo gol que lhes dava a igualdade no marcador, adiantando as linhas com ou sem a bola, assim foram criadas boas ocasiões para marcar, mas sempre esbarrando na falta de eficiência nas finalizações, com a volta de sete jogadores ao time titular o entrosamento evidentemente deixou a desejar, mas a gana que nas últimas apresentações não se fez presente,  se manifestou pelo menos nesse embate como uma virtude, e foi muito por esta que Klaus no apagar dos refletores conquistou um ponto, não o suficiente, mas pelas circunstâncias celebrado.

O caminho é dar sequência para os onze iniciais dessa tarde, assim como seu comandante que deve ser mantido por razões muito nítidas, o conjunto e a almejada consistência não é adquirida com remendos de escalação, repetição tem de ser a palavra da vez na Avenida Padre Cacique, ainda mais agora que a nata do elenco vermelho regressa aos poucos, se o desempenho em casa não agrada, uma troca de posto nesse momento não viria a agregar.

Abraço a nação colorada!

Pitacos de Leandro no twitter: 

- Os torcedores colorados são fantásticos apoiaram até o final novamente e como sempre, a torcida é a melhor coisa desse clube! 
- A gestão Marcelo Medeiros está tomando um rumo a ser comparada a de Vitório Píffero, antes pelas ações, agora também pelas declarações!
- A famosa situação nos jogos do Inter se repete, o time encima todo tempo sem criatividade, o adversário sai e marca seu gol!  
- Eu sou contra a demissão de Guto Ferreira pelo simples fato de que vários jogadores estão voltando agora e precisam de repetição
- O elenco colorado não tem muitos jogadores com características de vitória individual, talvez Pottker, as vezes Nico López, muito pouco!
- Inter entrou hoje com mais de meia dúzia de jogadores que não vinham atuando, sem repetição não se há consistência de jogo, para se rever!
- O quanto D'Alessandro seria mais funcional para equipe tendo um parceiro de armação de jogo passando assim a jogar mais a frente 
- Nico López seria ótimo jogador se não fosse tão inconstante dele se pode esperar tanto uma abertura de espaço quanto uma fácil perca de bola
- Edenílson voltou ao time e deveria cumprir importante papel na ligação dos volantes com os meias, errou tudo que tentou!
- Os que voltaram de lesão hoje tiveram todos atuações abaixo em outro contexto seria algo normal mas no atual momento é motivo de crítica!
- Cláudio Wink não fez uma boa partida de fato mas eu insistiria com ele a sua característica de chegada ao fundo está escassa no elenco

Por Leandro Tavares / Contato: https://twitter.com/LeTavares5