Após o ótimo clássico do sábado passado - um dos melhores grenais dos últimos anos - o colorado voltou a campo nesse meio de semana na importantíssima Copa do Brasil, diante do Sampaio Correia, na capital do Maranhão, com vitória acachapante do Internacional pelo placar de 4x1.

O mais interessante na equipe de Antônio Carlos Zago até o momento é sua evolução tática. Sabemos que a questão técnica somente se sobrepõe quando se tem um time bem arrumado, fato até comum no futebol, mas que mesmo assim não obtínhamos a tempos e muito menos no ano passado.

Com nove jogos de invencibilidade sendo seis desses com vitória, o Colorado parece estar em uma espiral de aprimoramento no quesito tático, técnico e físico. Chegamos a um ponto de equilíbrio da temporada e espero verdadeiramente que o topo dessa evolução ainda esteja longe, tudo isso visando um único objetivo/obrigação da temporada que já é do conhecimento de todos, mas é claro que não podemos descartar o maior torneio mata-mata do futebol brasileiro.

Um bom exemplo desse progresso foi no derbi 412:  enfrentamos um rival do nosso tamanho e fizemos uma boa partida dentro da Arena, com gols marcados advindo da troca de passes e de infiltrações adentrando a zaga gremista, o Inter deve se aproveitar da situação atípica em que vive esse ano para formar uma espinha dorsal para 2018, tal qual o ditado popular "quando lhe derem limões trate de fazer uma limonada". Pode não haver a mesma exigência na Série B mas certamente aparecerão mais lacunas para que os erros sejam ajustados.

 Abraço a nação colorada!

Por Leandro Tavares /  https://twitter.com/LeTavares5