Restando dez rodadas para o encerramento da Série B, Guto & Cia estão no momento a sete pontos do Oeste, primeira equipe fora do G4 e de meteórica ascensão na competição. Entramos no terço final na batalha do acesso com mais cinco partidas por se disputar no Beira-Rio (Brasil, Ceará, CRB, Vila Nova, Guarani), faltando 4 vitórias para o número mágico de 65 pontos que garantiriam estatisticamente o retorno à elite.

Assim, poderíamos ainda - a nível teórico - empatar ou perder uma das partidas em Porto Alegre que manteríamos grandes chances de subir. De momento apenas uma hecatombe poderia tirar o Colorado dos Pampas da Série A em 2018, mas de igual, é preciso seriedade, união e foco nas últimas rodadas. Que tal uma análise do atual panorama?

Dentre os próximos rivais no Gigante o Ceará parece ser o mais perigoso e em bom momento ao lado do Brasil de Pelotas, acostumado a jogar pelas bandas e com um treinador que conhece de perto a realidade colorada. Assim, fazendo um rápido prognóstico, tanto CRB (mostra-se um time mediano), Vila Nova (em pleno declínio) e o Guarani (da mesma forma ao ³) apresentam-se como os mais factíveis, restando os dois jogos disputados em sequência em casa como os mais perigosos.

Acrescento nesse panorama o desfalque em ambas partidas de Rodrigo Dourado, que tem como reposição o jovem promissor Charles, mas que ainda está distante do nível físico, estatístico e de imposição de seu colega de time. Por outro lado, é senso comum avaliar que quanto mais o campeonato afunila mais aguerrido e disputado tornam-se os jogos. Se não aumentarmos nosso nível de competitividade nesta reta final poderemos sofrer e de maneira desnecessária.

Cabe portanto o alerta aos torcedores alvirrubros: mantenhamos o espírito de apoio, mobilização e paciência ao time, falta pouco mas ao mesmo tempo ainda restam 4 decisivas vitórias. 

*O pitaco de hoje seria: temos o 3° maior público da Série B, atrás de Ceará e Paraná, que tal quebrarmos esse recorde? Precisamos de 40.281 colorados para esse feito. Está é minha sugestão de desafio ao clube e torcedores.

Por https://twitter.com/Celta_Bardo