Era um domingo, 12 de fevereiro de 1989. Já havia passado o Carnaval. Naquele ano, ele chegou cedo. Era o domingo seguinte à nossa principal festa. Fazia calor em Porto Alegre. No Estádio Beira-Rio, um Gre-Nal para decidir quem seria o finalista do Campeonato Brasileiro de 1988. 

 No primeiro clássico, empate em 0 a 0 no Olímpico. Três dias depois, no dia 12, as duas equipes se enfrentaram no Beira-Rio.

Naquela oportunidade, o Brasileirão transcendeu a virada do ano. Atravessou 1989 para a disputa da fase final. De um lado da chave, Bahia e Fluminense. Do outro, Grêmio e Inter. Os rivais. Nunca até então (e depois, nunca mais, ou ao menos, até agora) os dois tinham decidido vaga para a final do Brasileirão. O calor não afastou o público. O Beira-Rio estava lotado.

Apito inicial e um primeiro tempo gremista. Melhor no jogo, o tricolor abriu o marcador com Marcos Vinícius, aos 25 minutos da etapa inicial. Aos 38 minutos, mais um golpe para o torcedor colorado: o lateral Casemiro foi expulso. O Inter precisava mudar. O técnico Abel mexeu. Tirou o volante Leomir e colocou Diego Aguirre. Abriu ainda mais o time. Deu certo.

Aos 16 minutos do segundo tempo, Edu Lima cobra falta e Nílson marca. Jogo empatado. Dez minutos depois, a virada. Grande jogada de Maurício pelo lado direito, cruzamento para a área e a conclusão de Nilson.

Com um homem a menos, saindo em desvantagem e com dificuldades no primeiro tempo, o Inter conseguia virar o Gre-Nal do século. Um Gre-Nal inesquecível, no dia 12 de fevereiro de 1989.

Nilson, antes do clássico, contou essa história: 

 

FICHA

12/02/1989 - INTERNACIONAL 2 x 1 GRÊMIO - Estádio Beira-Rio

Internacional: Taffarel; Luis Carlos Winck, Aguirregaray, Nenê e Casemiro; Norberto, Leomir (Diego Aguirre) e Luis Carlos Martins; Mauricio (Norton), Nilson e Edu Lima. Técnico: Abel Braga

Grêmio: Mazaropi; Alfinete, Trasante, Luis Eduardo e Airton; Bonamigo, Cristóvão e Cuca; Jorginho (Reinaldo Xavier), Marcos Vinicius e Jorge Veras (Serginho). Técnico: Rubens Minelli

Árbitro: Arnaldo Cézar Coelho

Expulsão: Casemiro (I), aos 38 do primeiro tempo

Cartões Amarelos: Trasante e Airton

Gols: Marcos Vinicius (G), aos 26 minutos do primeiro tempo, e Nilson (I), aos 16 e 26 minutos do segundo tempo.

Público: 78.083

Renda: NCz$ 58.944,00

ZH - ESPORTES / CARLOS GUIMARÃES / @memoriacolorada