O Inter esteve longe de ter uma grande atuação, mas fez o dever de casa e bateu o quase varzeano time do Náutico por 1 a 0, em cabeceio de Leandro Damião no início da segunda etapa, pela 25° rodada. O Colorado fecha a rodada com a liderança, o melhor ataque e o melhor saldo. Nos últimos 9 jogos, o Inter venceu 8.

Em um jogo fraco tecnicamente - muito pelas condições do gramado - Náutico (56) e Inter (50) protagonizaram um espetáculo com 106 passes errados. O destaque individual alvirubro foi Edenílson, responsável pelas transições com qualidade e velocidade. Damião e Cuesta também foram bem. Nico como de costume entrou muito bem.

O Inter volta ao primeiro lugar ao chegar aos mesmos 48 pontos do América-MG, mas supera no número de vitórias. E o próximo duelo é justamente na ponta de cima. Na quarta-feira, às 19h30, Colorado e Coelho se enfrentam no Beira-Rio. 

O gramado irregular do Lacerdão dificultou as trocas de passes das equipes. Mesmo assim, o Inter chegou perto de abrir o placar em três oportunidades, com Edenílson, Damião e Cuesta – o argentino acertou a trave. O Náutico chegou com perigo aos 23, com finalização de Diego Miranda ao receber cruzamento de Manoel, que Danilo pegou bem. Damião tentou mais uma vez aos 27, mas parou nas mãos de Jeferson. Nos minutos finais, o duelo perdeu intensidade.

A superioridade colorada aumentou na etapa final. E as tantas tentativas foram brindadas logo aos cinco minutos, depois de Leandro Damião completar de cabeça para a rede cruzamento milimétrico de Edenílson. O Náutico quase não chegou ao gol de Danilo Fernandes. O ataque gaúcho seguiu empilhando finalizações, mas aí parou na boa atuação do goleiro Jeferson, que evitou uma goleada no Lacerdão.

FICHA TÉCNICA: