Após três vitórias em quatro jogos no Campeonato Gaúcho, o Inter de Odair Hellmann estreia nesta quarta-feira na Copa do Brasil, torneio vencido a 26 anos e que bateu na trave em 2009. O primeiro desafio na busca pelo bicampeonato será diante dos cariocas do Boavista, às 19h30min, no estádio Regional, em Cascavel-PR. Reduto de gaúchos, existe a expectativa de um público de 10 a 12 mil torcedores.

“Consulados e torcidas organizadas do Inter de diversas localidades estão mobilizadas para lotar o Estádio Olímpico nesta quarta-feira”, revelou o diretor de marketing da organizada cascavelense Cobra Colorada, Algacir Portes, ao site O PARANÁ / Jornal de Fato.

Além de uma vaga a Libertadores no próximo ano o torneio dará ao campeão no total impressionantes R$ 68,7 milhões. O campeão receberá R$ 50 milhões; o vice, R$ 20 milhões; e os semifinalistas, R$ 8 milhões. Em caso de classificação sobre a equipe de Saquarema - para isso, basta um empate -, o Clube do Povo já recebe R$ 1 milhão por passar à segunda fase, na qual enfrentará Remo ou Atlético-ES.

Focado após poupar os titulares diante do Avenida, Odair irá com força máxima para o jogo. O único desfalque é na lateral-esquerda. Uendel sofreu uma lesão na estreia do Gauchão e segue fora das partidas. Com isso, o garoto Iago volta a posição. Na direita, Claudio Winck e Dudu disputam a vaga. A tendência é que Winck seja o escolhido pelo treinador. A boa noav deve ser o retorno do meia Camilo. Com dores na panturrilha, o atleta foi ausência nos últimos jogos do Colorado.

O provável time vermelho tem:  Danilo Fernandes; Claudio Winck, Klaus, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, William Pottker, D’Alessandro e Camilo; Leandro Damião.

Outra boa notícia é que o Boa Vista não está focado na Copa do Brasil. O técnico Eduardo Allax confirmou que deve utilizar uma equipe mista na partida já que prioriza a classificação para as semifinais da Taça Guanabara, no Campeonato Carioca.

O Boavista também fará sua quinta partida oficial na temporada. Vice-líder do Grupo C na Taça Guanabara, acumula vitórias sobre Fluminense (3 a 1) e Madureira (1 a 0), e derrotas para Botafogo e Macaé, ambas por 1 a 0.

O adversário deve ter Rafael; Gabriel, Gustavo, Kadu e Julio César; Douglas Pedroso, Maranhão, Erick Flores e Marquinho; Caio Cézar e Leandrão.

A partida terá transmissão do SPORTV.