O Inter recebe o Juventude nesta quinta-feira, pela 7° rodada do Gauchão, no Beira-Rio e tenta quebrar um pequeno tabu. Nos últimos três jogos contra o time da Serra, o Colorado saiu de campo sem a vitória.

No retrospecto de todo o confronto, o alvirrubro tem ampla vantagem em relação ao rival com 113 vitórias contra 37. Porém, na temporada 2017, o Juventude conseguiu surpreender e arrancou duas vitórias e um empate, em levantamento de Rafael Takacs, do Lance.

No Gauchão, o jogo foi cercado de polêmicas. Nos minutos finais, o árbitro marcou um pênalti inexistente ao assinalar toque de mão do lateral Junio dentro da grande área, mas na realidade a bola pegou no peito do atleta. Na cobrança, Tadeu converteu e deu a vitória ao time do Alfredo Jaconi.

Os outros dois jogos aconteceram pela Série B. No primeiro turno, o Inter recebeu o rival no Beira-Rio e até abriu o placar com Nico López, mas na segunda etapa não segurou a pressão do time Jaconero e Tiago Marques deixou tudo igual.

No segundo turno o Internacional vinha em momento instável. O time já não apresentava um bom futebol e enfrentou seu maior algoz do ano no estádio Alfredo Jaconi. Com gols de Yago e Michel, o Juventude levou a melhor ao vencer por 2 a 1. De quebra, ainda tirou o Colorado da liderança.