Neste sábado, o Inter recebe o Criciúma às 16h30, em jogo válido pela 12ª rodada, com o objetivo de amenizar o clima de pressão instaurado no último final de semana.

Depois de perder por 1 a 0 para o Boa Esporte no sábado passado, uma nova derrota em casa pode custar caro, já que se trata de um confronto direto. O Inter tem 17 pontos, na cola do G4, e está apenas dois pontos à frente do Criciúma, que se encontra na parte intermediária da tabela, com 15. Se o time catarinense vencer, consegue a ultrapassagem e pode causar uma queda brusca ao alvi-rubro. 

A derrota em casa na rodada passada gerou uma reação violenta de parte da torcida, que depredou o Beira-Rio e teve que ser contida pela polícia. O clima é pesado e de pressão. Em 5 jogos como mandante na série B, o Inter venceu apenas uma vez. Time marcou em 3 jogos e foi vazado em 4. Além disso, a missão do Inter não será fácil. Além de estar mostrando fragilidade nos jogos dentro de casa, enfrentará um adversário difícil de ser batido. O Criciúma não perde nenhuma partida há seis rodadas, com quatro vitórias e dois empates. 

Na rodada anterior, o Tigre empatou, fora de casa, com o Vila Nova, por 0 a 0. Os dois times se enfrentaram neste ano pela Primeira Liga e o Internacional venceu o Criciúma, entretanto, ambos as equipes estavam totalmente descaracterizadas.

Entretanto, para superar o Colorado, os catarinenses terão que superar um pequeno tabu. Na história foram dez jogos entre as equipes em território gaúcho, com oito vitórias coloradas e dois empates.

Criciúma e Internacional já se enfrentaram 25 vezes na história, com retrospecto amplamente favorável aos gaúchos. São 14 vitórias para o Colorado, seis empates e cinco triunfos do time catarinense.

BASE FUTEBOL INTERIOR