O Internacional deu mais um importante passo para a consolidação do seu departamento de futebol feminino, vinculado à Vice-presidência de relacionamento social. Na última segunda-feira (10/4), se tornou o primeiro clube brasileiro a assinar contratos de imagem e de atletas amadoras não apenas com as jogadoras que formam a equipe principal, mas também com as atletas das categorias Sub-15 e Sub-17. “É uma alegria muito grande para nós termos mais essa demonstração do compromisso do clube com o futebol feminino e com essas atletas. Elas terão uma segurança muito maior para desenvolverem seus talentos e representarem o Internacional”, valoriza o diretor de futebol feminino, César Schunemann.

Ao todo, 63 meninas entre as três categorias assinaram o vínculo com o Internacional. Com o contrato, as meninas terão à disposição serviços como o suporte de plano de saúde, em uma parceria com a Unimed, e na formação superior, com bolsas de estudo da Unilasalle. “A experiência que estamos iniciando aqui é inédita no Brasil. E tende a evoluir. A nossa meta é que o departamento de futebol feminino seja autossustentável”, diz a gerente, Duda Luizelli.

Em maio, as meninas das categorias Sub-15 e Sub-17 entram em campo no Gauchinha, a primeira competição oficial do Departamento de Futebol Feminino do Inter. No segundo semestre, será a vez das adultas disputarem a competição estadual. E os objetivos nas três competições são arrojados. O Internacional almeja as vagas nos torneios nacionais em todas elas.

AI INTER