O presidente colorado Marcelo Medeiros, concedeu uma entrevista para as rádios Bandeirantes  e Gaúcha nesta noite de segunda-feira, prévia de Oeste e Inter, pela 36° rodadada da Série B. Confira as principais declarações do mandatário alvirrubro.

Foto de Fernando Carvalho com Roger: "O Fernando (Carvalho) é um amigo, mas o Fernando não escolheu nenhum profissional na hora que trabalhamos. Eles entendem que esse momento é nosso, mas não interferiram de nenhuma maneira (Fernando Carvalho e Giovani Luigi). Esta foto é muito curiosa, eu nunca vi um ex-dirigente de abrigo contratando um treinador no bar de uma cafeteira ou academia. Mas a gente tem relação com os profissionais que a gente trabalhou".

"O Fernando Carvalho não tem nenhum poder de escolha no novo técnico do Inter. Ele entende que este momento é nosso. Não tem nenhuma interferência." 

Técnico para 2018: "O treinador tem que saber as peças que tem para poder desenvolver melhor uma condição tática. É normal que quando o Inter troque de treinador aconteçam essas especulações. É importante reserva-la e revelar quando for oportuno.  Nós estamos pensando no término da competição, óbvio que o término para 2018 está em andamento".

"A gente entende a preocupação do torcedor. Estamos buscando o treinador de uma maneira reservada e, oportunamente, vamos divulgar para o público. Se a gente ficar dando algum tipo de característica, vocês que conhecem muito bem futebol podem desenhar uma expectativa. Esta não é a nossa maneira de trabalhar. Eu ainda não conversei com o técnico do Inter em 2018. Vou decidir o momento em um momento oportuno."

"Não tem nenhuma chance de o Inter anunciar o técnico amanhã, mesmo se conquistarmos o acesso."

Importância do jogo desta terça: "Falta pouco, muito pouco, é um ponto, um ponto conquistado amanhã coloca o Inter matematicamente na série A. É importante primeiro garantirmos o acesso. "

Mudança de técnico para as últimas 3 rodadas : "O Odair é um profissional formado no Inter, que acompanha a metodologia do clube, conhece nosso trabalho, sempre assumiu as responsabilidades e tem uma experiência importante. Mudar de treinador no meio de uma temporada ou no meio de uma decisão é algo muito forte".