Em entrevista à Rádio Gaúcha neste sábado o ex-jogador e cria da base vermelha, Nilmar, hoje jogador do Santos, falou sobre sua percepção em relação ao rebaixamento do ex-clube e explicou os motivos por não ter retornado à Porto Alegre. Confira:

"O gol mais importante para mim foi o da final da Sul-Americana. Estávamos na prorrogação e era um jogo muito difícil. Das minhas três passagens pelo Inter, aquele time de 2008 foi sem dúvida o melhor time em que eu já joguei. Claro que penso em voltar. Mas no momento estou focado no Santos e em retornar a jogar um bom futebol. 

"Não me arrependo de ter ido para o mundo árabe. Sabia que haveria problemas, mas eu estava totalmente ciente da minha escolha".

"Minha primeira saída do Inter, o time precisava que eu saísse. O clube não tinha essa estrutura que tem hoje".

"Claro que pensei em voltar, mas não houve nenhum tipo de conversas com o Inter. O Inter também precisava de jogadores que chegassem e jogassem. Eu estava parado há muito tempo, ia demorar para ficar a disposição".

Sobre queda: "Fiquei muito triste, com o que aconteceu com o Inter. Muita gente sofreu e ainda sofre. Foi triste para o futebol. Times do tamanho do Inter tem que estar sempre na 1ª divisão. Porém, uma má gestão pode comprometer tudo isso".

"Voltei para o Brasil para provar que eu ainda posso render. Claro, que com 33 anos, não terei o mesmo rendimento de antes".