Confira o levantamento feito pelo jornalista Franklin Berwig, em seu blog "Fazendo Número", com todos os detalhes do "novo-velho" reforço do clube para o segundo semestre, o defensor Rodrigo Moledo, de 30 anos.

Será a 3ª passagem do atleta no Beira-Rio. Ex-União de Rondonópolis, foi contratado, pela primeira vez, em 2011. Em 2013, foi negociado com o Metalist, da Ucrânia. Trazido de volta em 2015, transferiu-se, novamente, em 2016, sem fazer nenhum jogo oficial nessa 2ª passagem.

Pelo Inter, Rodrigo Moledo conquistou os Campeonatos Gaúchos de 2011, 2012 e 2013. Também fez parte do título da Recopa Sul-Americana de 2011, mesmo sem ter atuado – ficou no banco de reservas na 1ª partida diante do Independiente.

No Gauchão 2011, 1º título de Moledo pelo Inter, o zagueiro era chamado, inicialmente, de “Rodrigão”. Pediu para ser chamado pelo sobrenome. Ele atuou em 6 jogos, todos como titular e todos pelo 1º turno, quando o Colorado foi representado pelo time sub-23. Marcou 1 gol, na vitória de 4 a 1 sobre o Inter de Santa Maria. Naquele ano de 2011, fez, ainda, 19 jogos pelo Brasileirão, 18 como titular. O Inter obteve vaga para a Libertadores.

Em 2012, Moledo atuou em 13 jogos do Inter pelo Gauchão, incluindo o jogo do título, contra o Caxias. Foram, ainda, 9 partidas na Libertadores e 22 confrontos pelo Brasileiro.

Rodrigo Moledo também participou do título gaúcho do Inter em 2013. Titular do técnico Dunga, atuou em 14 partidas, nas quais o Colorado obteve 12 vitórias e 2 empates. Fez 1 gol no Gre-Nal das quartas-de-final do primeiro turno. Antes de se transferir, em junho, atuou em 4 jogos do Brasileiro e 2 pela Copa do Brasil.

O zagueiro recuperou-se de lesão no Beira-Rio, em 2015, e voltou a ser relacionado na reta final do Brasileirão daquele ano. Completou 30 anos de idade no final de outubro de 2017.