É Campeão! Mesmo perdendo por 1 a 0 para o Juventude, o time Sub-17 conquistou o título do Campeonato Gaúcho da categoria na tarde deste sábado, em duelo disputado no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Dimitry, aos 41 minutos do segundo tempo, marcou o único gol da partida. Como venceu o confronto de ida por 2 a 0, o Celeiro de Ases podia perder por um gol que ainda assim faturava o caneco. A taça veio após uma campanha de 18 vitórias, seis empates e quatro derrotas. Em 28 partidas foram 79 gols marcados e 27 sofridos.

A equipe treinada por Ricardo Grosso foi a campo com a seguinte escalação: Emerson Júnior, Heitor, Volnei, Leonardo e Cazzetta; Carlos Gabriel (Pedro Henrique), Lucas Ramos e Dudu (João Lucas); Edilson (Osmar Lucas), Marcos e João Victor.

A primeira etapa foi repleta de equilibrio, com ambos os times criando oportunidades de gol. O Colorado atacou primeiro. Aos 4 minutos, Lucas Ramos escapou pela direita, chutou cruzado e mandou pela linha de fundo. O Juventude respondeu aos 8, quando Serafim cobrou escanteio e a bola sobrou para Dimitry finalizar com perigo sobre o gol. Aos 15, a equipe alvirrubra voltou a assustar. Heitor cruzou da direita e Marcos cabeceou próximo da meta. 

Na segunda metade do primeiro tempo, os mandentes cresceram na partida. Aos 20 minutos, Camejo recebeu livre na área, bateu e Emerson Júnior salvou. No rebote, Camejo tentou de novo e Volnei tirou em cima da linha. Aos 27, após cobrança de escanteio, Valentini cabeceou e acertou a trave. O Colorado voltou melhor na segunda etapa e quase abriu o placar em duas oportunidades. Aos 9 minutos, João Victor cobrou falta e mandou sobre a meta. Aos 11, Lucas Ramos arrematou de fora e acertou o travessão. No decorrer do segundo tempo, o Juventude voltou a equilibrar as ações, entretanto não conseguia criar chances reais de perigo. O Inter, por sua vez, administrava a vantagem e não corria riscos. Aos 41 minutos, um susto. Pênalti para o Juventude. Dimitry cobrou e converteu. Porém, não havia tempo para mais nada e com o apito final, foi só comemorar mais uma taça no armário.

Fonte: Oficial do Inter