O técnico do Independiente Gregorio Pérez, não quer a contratação de Seijas, de 31 anos. O meia está na Colombia após jogar no final de semana pelo time B do Inter e admitiu que gostaria de se transferir. "Tinha ilusão de voltar. Mas as coisas passam por algo... Quem sabe não era o momento. Continuo desejando o melhor ao clube. Se não tenho que voltar, fico feliz porque tive um último jogo magnífico que não esqueço", disse Seijas à ESPN da Colômbia.

"Mas eu o aplaudo (técnico) porque é uma decisão dele. Não vou questionar", disse. Sobre a negociação com o Santa Fé, Seijas mediu palavras. "É um tema delicado, qualquer palavra pode ser mal interpretada. Tenho carinho da torcida, isso é sempre importante".

A ideia é rescindir contrato com o clube gaúcho e transferir-se imediatamente para o clube onde fez sucesso. Seijas atuou no Santa Fé entre 2008 e 2011 e 2014 e 2016, virou ídolo da conquista da Sul-Americana de 2015 e é amigo pessoal do presidente Cesar Pastrana. No entanto, anegociação emperrou na intenção do técnico uruguaio Gregorio Pérez. "Ele não está nos meus planos", disse sobre Seijas. "Queremos um jogador para atuar por fora. Pedi Macnelly (Torres, do Atletico Nacional)",.

O Inter tentou a rescisão de contrato com Seijas mas não obteve sucesso. Não recebeu, até então, proposta oficial do Santa Fé pelo jogador. 

Fonte: UOL