A três anos o eterno Fernandão falecia em uma queda de um helicóptero em Goiás, aos 36 anos. 

Triste. Trágico. Absurdo. Nem existe palavra apropriada para descrever o que aconteceu. Fernandão foi o maior, e sempre vai ser. Conquistou tudo que poderia ser conquistado por um atleta: teve sucesso, títulos e, especialmente, respeito.

Era tão grandioso que mesmo entre os adversários ele tinha admiração. Isso porque todos sabiam o que ele representava. São poucos que conquistam o status de “maior dos maiores”. Obrigada, Fernandão. Obrigada por reerguer o nosso clube. Obrigada por abraçá-lo e amá-lo não apenas como atleta, mas como colorado que todos nós somos. Obrigada por todas as alegrias que você nos proporcionou nos anos que tivemos o prazer de te ver com a camisa 9.

Obrigada por acreditar no Internacional e por ter força para fazer seus colegas acreditarem também. Obrigada por nos levar ao topo do mundo. Nada teria acontecido sem você. Foi tão grandioso que estreou no colorado fazendo história, marcando o milésimo gol dos grenais. Essa marca é só tua, e não poderia ter o nome de alguém maior!

Obrigada, Fernandão. Você nos deixou para virar lenda. Será sempre o Capitão Planeta para todos os colorados. 

Obrigada por todas as alegrias, Fernandão. Nós te amamos. Tu serás eterno para nós.

coloradadealma.tumblr.com