Em partida bastante truncada em Campinas, a base colorada se mostrou efetiva dando a vitória aos vermelhos, Eduardo Sasha e Cláudio Winck respectivamente marcaram os tentos diante do Guarani, jogo este que encerrou o primeiro turno sendo a primeira sequência de pelo menos três resultados positivos na competição.

A dupla que ingressou no futebol em berços alvirrubros não foi somente importante por demarcarem seu nome na súmula, mas também pelo bom desempenho em campo, ambos se destacaram como as principais atuações individuais da equipe em um jogo que se apresentou extremamente físico, já que o gramado do tradicional Brinco de Ouro parecia bastante pesado propiciando a todo instante as jogadas mais ríspidas.

Guto Ferreira preferiu adotar uma postura mais reservada deixando assim no banco de suplentes o meia Camilo, que se destacara em sua estreia, o bugre imprimiu um forte ritmo nas primeiras investidas sem ao menos possibilitar ao adversário o domínio da bola, mas com o passar do tempo o Internacional se apoderou desta e começou a “gostar” da situação, construindo seu score a partir dos erros primários do sistema defensivo bugrino.

Proveniente de um ano em que gastou-se milhões em contratações no mínimo duvidosas, principalmente de nomes já “consagrados” em que esforço e vontade eram qualidades posicionadas no terminante de suas cadernetas, obter sucesso com “crias” de casa não deixa de ser uma boa notícia, um caminho mais direto para o acesso parece estar sendo formado, que se dê seguimento ao objetivo final.

 Abraço a nação colorada!

Por Leandro Tavares / Contato: https://twitter.com/LeTavares5