Alessandro Barcelos, vice de administração do Inter, falou em entrevista a Rádio Bandeirantes sobre o projeto de retirada das cadeiras de um setor do Beira-Rio para que os torcedores possam optar por assistir aos jogos de pé nas arquibancadas. O dirigente confirmou o estudo do assunto mas ressaltou se tratar ainda de um projeto inicial:

"A retirada das cadeiras é um projeto que necessita de estudos técnicos. Já contratamos responsáveis técnicos para avaliar essa possibilidade. Ainda estamos trabalhando onde será o local. Será através do resultado desse estudo que iremos tomar a decisão correta. Nos restam ainda seis jogos no Beira-Rio e isso não seria de um dia para o outro. Queremos executar no ano que vem. A torcida no Beira-Rio ajuda muito. A Popular, a Camisa 12 e a Nação dão um ambiente diferente no estádio.  Mas é um estádio FIFA, então não vamos fazer nenhuma intervenção para prejudicar a qualidade do nosso estádio."