Texto por Colaborador: Redação 10/09/2021 - 22:44

A união dos clubes brasileiros parece uma utopia. Tendo sempre ações individualistas, dessa vez o Flamengo provocou e sofreu na noite desta sexta (10) uma ação conjunta de 17 clubes da Série A no STJD para que a liminar que permite público em jogos da equipe carioca seja suspensa ou julgada antes do prazo hoje determinado, que é o dia 23 de setembro.

Segundo informações da grande mídia, o Atlético-MG e o Cuiabá não assinam o documento protocolado – o Galo já tem uma liminar para contar com público em seus jogos, mas pretende acompanhar a decisão da maioria.

O objetivo dos clubes é que o STJD reconsidere a decisão que favorece o Flamengo:

Ou revogando imediatamente a liminar;
Ou a suspendendo até o julgamento, marcado para o dia 23.

Na última quarta-feira, a CBF e 19 clubes da Série A se reuniram e decidiram que os jogos da Série A vão continuar sem público.

A intenção de todos os times da elite nacional é que o campeonato só possa ter público novamente quando essa for uma condição igual para todos os participantes, indo de acordo ao inicialmente combinado de que até poderia existir torcida, com uma diferença máxima de 15% entre as capacidades dos estádios – mas não poderia ser 0% e 15%, por exemplo. Isso estava previsto no protocolo da CBF. 

 

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1408 pessoas já votaram