Texto por Colaborador: Redação 14/03/2021 - 15:28

Em entrevista ao portal “globoesporte.com" na última semana, o ex-técnico colorado, Abel Braga, falou sobre a perda do campeonato. Na opinião dele, a taça foi “tirada” do Beira-Rio.

“Tiraram. Eu não tenho nenhuma dúvida disso. Não estou dizendo que foi de maldade ou que são desonestos. Eu particularmente acho que o Claus está entre os melhores do país. Não é por aí, mas foi um prejuízo grande. Os erros foram somente direcionados para um lado, contra o Inter. Aí, vêm os analistas de resultados e falam que perdemos para o Sport. Mas o Flamengo também perdeu para o Ceará. Isso acontece com todos os times campeões. O difícil de acontecer é estar a 12 pontos do primeiro colocado, engrenar uma sequência de nove vitórias. Então eu penso assim, sem maldade, desonestidade, mas estava direcionado só para um lado (...) Dói. Sempre que alguém comenta, principalmente os amigos, até pessoas que não torcem para o Inter, lamentam. Porque dessa vez foi de uma forma cruel, foi mais ou menos parecido com aquela do próprio jogo contra o Corinthians, na expulsão do Tinga. Porque todo mundo dava três equipes como grandes favoritas, e chagamos até a penúltima rodada com pontuação superior ao Flamengo. Aí, teve aquele lance absurdo da expulsão. E mesmo assim, não terminou, fomos para o último jogo. Teve o pênalti, gols anulados, bola na trave, uma série de situações que não se compreende. Vai somando isso, aí tu começas a fazer uma conexão: “Caramba, acabou o jogo em São Paulo”. Aí depois nós vimos, todos jogadores em grupos olhando pelo telefone. Fizemos eles sofrer um pouquinho. Mas não é isso que nós queríamos. Queríamos conquistar, vencer. É meu terceiro vice no Inter do Brasileiro, e a gente não conseguiu. Os caras mereciam, porque foi um time de caras dignos, time de operários, lutaram até o último minuto, mas infelizmente tiraram, eu considero, de forma absurda, ainda mais que depois o presidente relatou o que ele ouviu no VAR no jogo do Flamengo. Que ele disse que o Claus cita duas vezes “eu vi bola”, o bandeira numero 1 que estava na minha frente, ele responde: “Se você viu bola, é amarelo”. Aí, o VAR diz: “Não, teve sola, vem aqui olhar na câmera lenta”. O próprio jogador do Flamengo desmente que foi agressão. Mas dói, sempre vamos lembrar que chegamos a ficar 12 pontos do primeiro, que era o São Paulo. Daqui a pouco, estamos a dois jogos do fim, contra o segundo colocado, com um ponto na frente. Acho que estava muito próximo e óbvio que isso deixa marca”, disse.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

68 pessoas já votaram