Texto por Colaborador: Redação 14/09/2021 - 02:20

Após duas semanas de treino e descanso, o Inter venceu mas não convenceu diante do Sport, na Ilha do Retiro. Mesmo a vitória por 1 a 0 não apagou o péssimo rendimento geral da equipe frente um dos rivais mais fracos da competição. Sofrendo bola na trave e obrigado Daniel a salvar em pelo menos 3 lances, fato é que a vitória acabou minimizando as críticas, enquanto a atuação não passou em branco até mesmo para o técnico Diego Aguirre. Ao final do confronto, o uruguaio comemorou a conquista dos três pontos, mas admitiu que o desempenho ficou abaixo do esperado. Confira suas principais declarações:

DECLARAÇÕES

Partida e estratégia: "Não fizemos um bom jogo, mas o nosso objetivo era ganhar ou ganhar. Priorizamos a vitória. Obviamente que gostaria que tivéssemos jogado mais, mas o Inter foi competitivo. Brigou e lutou. Sempre temos coisas a melhorar, mas também temos coisas boas para manter. São 6 jogos sem perder, outra vitória fora de casa, contra um adversário que ninguém teve facilidade pra ganhar aqui. A defesa do Sport é uma das melhores do campeonato. Me sinto bem com a vitória, mas obviamente temos coisas a melhorar."

"Corremos muitos riscos. O Sport teve boas chances. Também tivemos a chance mais clara de marcar o segundo gol, com o Paolo Guerrero, que estava sozinho com o goleiro, quando normalmente ele marca. Pra mim, [o time] continua pegando um identidade de luta, de entrega, de briga e, obviamente, temos que melhorar no jogo. Mas há algumas coisas que eram alvo de crítica e já não são problemas. Prefiro sempre olhar as coisas boas, mas não fujo das críticas".

"Nós tentamos fazer um jogo mais ofensivo, colocando um atacante a mais. Acho que ele foi bem. Trabalhou bastante e participou da jogada do gol. Não tirei porque estava mal, mas sim porque optei por outra alternativa, com o Guerrero. Foi somente isso. Ele trabalhou e foi bem."

Rendimento fraco mesmo com semanas de treinos: "Eu tenho certeza que vamos apresentar um futebol melhor, assim como apresentamos, não só com o Flamengo. Tivemos momentos bons, em jogos que talvez não tenhamos vencido. Jogamos bem contra o Fluminense, quando conseguimos uma vitória boa (...) "É verdade que nós não propusemos muito o jogo, mas também acho que o Sport teve o mérito de pressionar muito, de se esforçar. É um time muito forte, defensivamente. Nós trabalhamos durante a parada. Nenhuma equipe ganhou aqui facilmente. As condições do gramado eram ruins e estava muito calor. E eles também são muito fortes defensivamente, mas tínhamos que ganhar (...) Nós trabalhamos muito, taticamente, fisicamente. Acho que fizemos semanas muito boas de trabalho. Nós esperávamos um rendimento melhor, mas nem sempre ter semanas cheias significa que o time vai melhorar".

Opção por Heitor: “Foram os 10 minutos finais. Não foi uma troca de muito tempo. Nós estávamos sofrendo. O lateral esquerdo deles estava atacando muito e coloquei ele para ajudar.”

Bruno Mendez: “A posição dele é zagueiro. Podia ser uma alternativa como lateral, mas sempre foi zagueiro. Ele está muito bem, da muita segurança para a nossa defesa.”

Sobre não utilizar Gustavo Maia: "Ele tem pouco tempo aqui, somente uma semana treinando. Ainda estou conhecendo ele. Ele vai ter sua oportunidade em algum momento, mas recém chegou. Tá trabalhando bem e, em algum momento, terá oportunidade".

Caio Vidal: “Ele foi bem, trabalhou bastante, participou da jogada do gol. Não tirei ele por estar jogando mal, tirei ele para buscar uma variação tática.”

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1408 pessoas já votaram