Texto por Colaborador: Redação 22/10/2021 - 00:31

Confira as principais declarações do técnico Diego Aguirre após o duelo diante do Bragantino (1x1), em partida válida pela 19° rodada da Série A.

DECLARAÇÕES

Empate: "O Bragantino jogou bem e às vezes nos defendemos perto da área, mas acho que fizemos um bom jogo. Acontece que tivemos perto de ganhar, que estamos mal, tristes, porque perdemos dois pontos muito importantes nos acréscimos. É normal sentir o empate como uma derrota (...) Em outro momento é para comemorar, mas não hoje. O time cresceu muito, vínhamos de cinco vitórias no Beira-Rio, queríamos mais uma. Mas estivemos tão perto e ficamos frustrados. No vestiário, falamos que não temos tempo para chorar. Estamos a dois dias de um jogo importante com o Corinthians. Temos de transformar essa dor em rebeldia, atitude e determinação para ganhar o próximo jogo. Não tem outra, precisamos ser fortes.

"Quando você enfrenta os times de cima da tabela é um tanto óbvio que é mais difícil de ganhar. Mas estamos perto de nosso objetivo, que é uma vaga na Libertadores. O mais importante é olhar para a tabela e ver que estamos próximos de nosso objetivo. Temos que rapidamente pensar no Corinthians. Não temos tempo para chorar”.

Mudanças: “Quando você troca alguns jogadores, é por necessidade. Então é normal que o rendimento não seja o mesmo. As vezes a necessidade da equipe está acima das pessoais (...) Tanto Moisés, quanto Patrick vem de uma sequência muito longa de partidas, então teriam riscos de ter alguma lesão.”

Time para o fim de semana: "Dourado tem boas possibilidades de jogar domin, deve voltar. Sentiu hoje (quinta), mas não ficará fora do próximo. Precisamos de algumas horas para essa decisão, mas sabemos da importância dele em campo e ele quer jogar, quer ajudar dentro de campo (...) Por sorte, Edenílson vai voltar. É um jogador fundamental. Sem dúvidas, um dos nossos melhores jogadores. Temos algumas hora pra pensar e ver como vão estar os jogadores no treino de amanhã".

Estreia de Kaique e opções na zaga: "Temos que dar também a oportunidade a Kaique que vinha treinando bem. Ganhamos uma boa alternativa na zaga hoje (quinta), jogou bem e tem personalidade. Ali as coisas foram tranquilas. Acho que nós ganhamos um jogador hoje, um zagueiro (...) O Mercado vem com uma sequência de muitos jogos seguidos e tínhamos, também, que dar a oportunidade a Kaíque, que estava treinando bem. Obviamente o Mercado está 100% para o jogo do Corinthians, mas as decisões não são somente futebolísticas. São opções muitos boas, não dores de cabeça. Fico muito feliz pelo bom desempenho de nossos jogadores. Temos algumas horas para pensar, e veremos como nossos jogadores vão estar amanhã.”

"Eu comemoro que temos jogadores que estão num bom nível e podem jogar a qualquer momento. Hoje, Kaíque respondeu e Maurício também. Eu tenho opções pra utilizar, não apenas no próximo jogo".

Desentendimento entre Moisés e Patrick na saída para o intervalo: "Coisas que acontecem. É normal. Relacionamento de Moisés e Patrick é excelente."

Yuri Alberto pendurado: “Perdemos nossos centroavantes por lesão. Temos na cabeça alguma possível mudança caso Yuri receba o terceiro cartão. Caso aconteça algo, vocês irão ver.”

"O cartão amarelo [de Bruno Méndez] não foi planejado. Eu não sabia nada".

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

572 pessoas já votaram