Texto por Colaborador: Redação 07/10/2021 - 00:30

Confira as principais declarações do técnico Diego Aguirre após o duelo diante do Ceará (0x0), em partida válida pela 24° rodada da Série A.

DECLARAÇÕES

Empate no Castelão: "Era um jogo muito difícil. Nós sabíamos que jogar aqui apresentaria muitas dificuldades. Eles são os primeiros como mandante. Ganharam de todos os times grandes. Talvez esse seja um dos jogos mais difíceis fora de casa. Estávamos com muita dificuldades, sem muitos jogadores importantes. Óbvio que queria ganhar, mas se não pode ganhar, empatar fora casa não é ruim, ainda mais com tantas dificuldades e desfalques. Não comemoro empate, mas é melhor do que perder (...) Jogar aqui é muito difícil."

"Não, o time você tem que analisar um pouco mais. Ganhamos nos acréscimos do Fluminense e Fortaleza. Eu não queria falar de calor e campo. Mas como você perguntou, estava impossível de jogar aqui."

Trocas: "Primeira coisa, tirei o Moisés por causa do cartão amarelo, ele fazia um bom jogo. Depois coloquei Johnny por ele ser bom na bola área. Tentamos dar mais energia. O time estava sofrendo. Lembro que Johnny fez um corte espetacular no contra-ataque deles. Às vezes, temos que pensar em defender de uma forma melhor. Não estávamos encontrando o nosso jogo. Foi uma opção. O Maia também entrou para dar um toque de qualidade. Sempre passamos confiança para os jogadores que estão dentro de campo."

Escolha por Mercado: "Escolhi Mercado, pois não se pode comparar a experiência de Mercado, de Seleção Argentina, Copa do Mundo, com um jogador que está começando."

Repor desfalques: "Tem coisas que são difíceis de substituir. Nosso melhor jogador, que é o Edenilson, não estava. Taison, que tem muita qualidade para jogar, também não. Eles são os principais jogadores. Quando se perde esses jogadores, além de Palacios e Guerrero, fica difícil de acertar com tantas trocas. É complicado manter o nível com tantas trocas".

Retorno da torcida: 'Teremos no domingo, um jogo em casa, irá voltar a torcida. Estou com saudades do torcedor, vivemos grandes coisas em 2015. Vamos fazer de tudo para dar aos torcedores uma vitória nesse retorno de jogo em casa."

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

68 pessoas já votaram