Texto por Colaborador: Redação 23/11/2021 - 15:14

Segundo informações do ge.com nesta terça-feira, o técnico Colorado Diego Aguirre tentou apaziguar o ambiente no vestiário Vermelho após o vazamento de áudios de Paulo Paixão. Sem ambiente para seguir no clube, o preparador reconheceu o erro e pediu demissão do clube nesta segunda-feira.

Após a repercussão, o técnico alvi-rubro tentou tirar o clima pesado. Na segunda, Aguirre reuniu o elenco para dizer que as palavras de Paixão não eram compartilhadas pelo restante da comissão técnica. O uruguaio ainda bateu um papo em particular com Gabriel Boschilia, pedido de foco no jogo contra o Fluminense no Maracanã.

De acordo com o site, Aguirre afirmou que tinha apreço por Paixão e mantinha respeito pelo profissional, mas que seu pensamento era distinto. Disse que existia um contexto na conversa do histórico preparador com o amigo ao qual ele não conhecia, mas lamentou tudo que aconteceu.

O treinador reiterou a confiança no elenco de jogadores, que ficou desconfortável com o episódio. Aguirre tratou de lembrar como já tinham mostrado qualidade durante a campanha no Campeonato Brasileiro e disse que apostava nisso para atingir o objetivo da conquista da vaga à Copa Libertadores da América.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

572 pessoas já votaram