Texto por Colaborador: Redação 02/05/2021 - 19:00

Sem conseguir jogar em uma partida típica do interior do Rio Grande do Sul, as reclamações foram claras pelo lado do Inter. Assim como o observado em 2020 (quando o Inter de Coudet sofreu o mesmo diante do Esportivo), o estádio Montanha so Vinhedos é tudo, menos propício ao jogo proposto por clubes da elite nacional.

Nesse cenário, alguns profissionais alvirrubros falaram sobre o tema e da derrota para o Juventude, pelo jogo de ida das semifinais. Confira os principais trechos: 

Yuri: "Não é o que precisa melhorar. Muitos fatos dificultaram nosso jogo, gramado, arbitragem lamentável hoje. Mas vamos trabalhar para o segundo jogo e buscar nosso resultado (...) Agora, no nosso campo, vamos com tudo e se Deus quiser a gente consegue a vitória e a classificação".

Ramirez: "Há sempre muitos fatores que não estão em nosso controle, então, pouco podemos fazer. Esse tipo de gramado é muito difícil de jogar como queremos, o passe não é rápido, não temos controle, os cruzamentos são difíceis porque os remates de primeira podem escapar. É muito complicado de regular, de controlar. Temos muitas ferramentas para ganhar em casa, não temos que mudar muitas coisas porque o gramado vai nos ajudar".

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

574 pessoas já votaram