Texto por Colaborador: Redação 01/09/2021 - 19:31

Em entrevista na tarde desta quarta-feira (1) ao programa Atualidades, da Band, o presidente do Inter, Alessandro Barcellos, comentou sobre o modelo adotado pelo clube nas últimas contratações. Segundo ele, a direção trabalha com essa perspectiva devido ao momento do clube, mas o objetivo é fazer o SCI ter novamente poder de realizar grandes contratações ao estilo de Palmeiras, Flamengo ou Atlético-MG. Por fim, Barcellos deixou claro que não "seca" o rival em um eventual rebaixamento, além de deixar em aberto uma possível renovação de Paolo Guerrero, preferindo elogiar o centroavante. Confira os principais trechos:

Rebaixamento do Grêmio: “A gente tem uma preocupação voltada ao Inter e para o que nós precisamos fazer. Essa rivalidade e as questões de ambiente ficam mais para o torcedor e para a cultura do futebol gaúcho. Mas não influencia o nosso planejamento e o nosso cotidiano. Quem faz futebol sabe as dificuldades a serem enfrentadas. Para o futebol gaúcho, a gente entende como importante que as equipes da Série A possam permanecer. Independente da rivalidade, que sempre vai existir, mas fica para o torcedor. Eu acho que, para o futebol gaúcho, seria ruim. Seria bom ter até quatro equipes na Série A. Reforçaria o estadual inclusive. Colocariam o nosso futebol em patamar acima. Como dirigente, gosto que as competições tenham as melhores equipes”.

Kaique Rocha e política de contratações: "É um modelo de negócio importante em que o clube traz jogadores jovens, com projeção futura e passe fixado (...) São circunstanciais, uma vez que não são todos os atletas que temos avaliado e encontrado que estão nessa situação. O Internacional não fará contratações sem que tenha condições de honrar seus compromissos".

Convocação de Edenílson: "Eu particularmente acho que a convocação do Edenilson foi muito importante. Esse reconhecimento até talvez tenha vindo tarde pois ele já merecia esse reconhecimento (...)  Ele recebeu a notícia (da convocação) com bastante emoção, feliz."

Guerrero: "O Paolo sempre teve um comportamento extremamente profissional."

Por fim, o mandatário alvirrubro ainda revelou que recebeu e recusou propostas pelo atacante Yuri Alberto, mas contou que alguns clubes, sabendo a péssima situação financeira colorada, tentaram se aproveitar com propostas que não chegaram nem perto do valor considerado justo. 

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

137 pessoas já votaram