Texto por Colaborador: Redação 20/07/2020 - 14:00

Em entrevista do programa Bola nas Costas, da Rádio Atlântida com o executivo de futebol Colorado Rodrigo Caetano, o dirigente da Academia do Povo comentou a respeito do veto da prefeitura de Porto Alegre, e também falou sobre o clássico Gre-Nal que será disputado no Centenário. Confira os principais trechos.

TEXTO:

O veto da prefeitura: "Temos que seguir o que as autoridades decidiram, apesar deles terem permitido um drive-in a 200 metros do Beira-Rio no último final de semana. Acatamos, mas que fique o registro que é uma incoerência. Porque todos os times se preparam para essa retomada, com todos protocolos de segurança. Os clubes estão sendo penalizados por testarem, mas é o que nos toca nos momento, é importante o retorno do Gauchão, vamos passar por mais esse obstáculo."

Os protocolos e cuidados do clube: "Eu te confesso que, nesses quatro meses, projetamos e priorizamos a questão da segurança sanitária, ela é extremamente importante. Os jogadores retornaram porque se sentiram seguros. Todos estão na ansiedade da retomada das competições. O futebol é um produto de entretenimento, mas também é uma atividade econômica, que gera inúmeros empregos diretos e indiretos. Foram quatro meses de muita dificuldade. Não foram os melhores dias. Nós trabalhamos sempre visando as competições. Quando você treina sem uma data, sem local definido, você tem que fazer um esforço tremendo para elevar o nível de treinamento e foi o que fizemos.

O clube busca alternativas para os jogos em casa daqui a diante "A gente se preocupa, tem deslocamento de outras equipes também. É mais complexo. Jogar em Santa Catarina também é uma possibilidade. Precisamos estudar e analisar uma coisa de cada vez.

Categorias

Ver todas categorias

Tu aprova o nome de Abel Braga para substituir Coudet até fevereiro?

Sim

Votar

Não

Votar

851 pessoas já votaram