Texto por Colaborador: Redação 13/01/2022 - 11:00

Em entrevista do jornalista Leonardo Oliveira da GZH com Paulo Pinheiro, CEO da Brio, a parceira do Inter na gestão de espaços do Gigante da Beira-Rio revelou que deseja conectar o estádio o ao novo trecho da orla, fazendo do Sunset um ponto de encontro de quem frequenta o espaço. Ele também falou sobre como a falta da Copa Libertadores pode afetar a temporada. Confira os principais trechos.

DECLARAÇÕES

Novidades e planos para 2022: "Trabalhamos forte para que o Sunset seja ainda mais um lugar de encontro. Efetivamente, estamos prontos para usá-lo também em outros dias que não sejam os de futebol. Estamos construindo a viabilidade disso, ainda mais no pós-pandemia. O plano é fazer do Sunset o ponto de encontro de várias tribos, do pessoal do futebol, do pessoal da orla, com efetiva realização de eventos, pocket shows. O local tem esse perfil. Quero inserir o Beira-Rio na atmosfera da nova orla. Nos dias de jogos, ele já está construído."

Se a perda da vaga na Libertadores impacta: "Impacta de certa forma. Mas a Sul-Americana é uma competição internacional, importante também. É muito legal que o clube esteja dando esse peso a essa competição. Percebe-se isso pelas palavras do presidente Alessandro Barcellos. Certamente, refletirá no ânimo do torcedor."

Impacto de outras negociações (Gigantinho e Torres) para a Brio: "Tudo tem dois lados. O que acontece no Complexo Beira-Rio fortalece a área como polo de entretenimento, esporte, comércio. Tudo interessa. Tenho negócios que sofrerão consequências positivas. Pode ter negativas também? Pode, mas dificilmente virão. Aí, vale sentar-se com o Inter e a operadora do Gigantinho, por exemplo, para construir um trabalho conjunto, em que todos ganhem. O Gigantinho é um produto maravilhoso que a Região Sul do país ganhará. A Brio quer estar junto, participar, contribuir. Ela é parceira do clube.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

1242 pessoas já votaram