Texto por Colaborador: Redação 27/03/2021 - 13:08

Em entrevista para a GZH Esportes divulgada neste sábado (27), o CEO do Inter, Giovane Zanardo respondeu às perguntas do jornalista Leonardo Oliveira e revelou os planos estratégicos que tem para os próximos anos no clube. Confira os principais trechos.

DECLARAÇÕES:

Seu papel no clube: "Liderar os demais executivos em prol da colocação em prática do plano estratégico do clube. Tem como missão buscar soluções em todas as áreas para executar um projeto que foi apresentado pelo Conselho de Gestão e validado pelas urnas. O CEO vai fazer o meio-campo entre o CG e todos os colaboradores do clube, buscando alinhar esse plano estratégico em toda a estrutura, fazer com que ele chegue a todas as áreas e que se tenha comunicação permanente entre elas. O objetivo é que se passe a ter a visão do clube como uma coisa só."

Esse planejamento é de quanto tempo? "Fizemos um plano estratégico no ano passado, revisamos e atualizamos para os próximos cinco anos. Falamos de grandes ações estratégicas, mas é preciso encaixá-lo no projeto que foi validado nas urnas pelos sócios. Temos pilares importantes que trazem para o Inter um senso de futuro, de onde quer chegar. A nova gestão tem o projeto ancorado em pilares importantes como futebol, finanças, receitas, formação de atletas e patrimônio."

"A meta é ter condições financeiras de perpetrar o clube, permitir que enfrente os desafios, fazendo isso com protagonismo esportivo. O sócio e o torcedor querem um clube vitorioso, é isso que devemos entregar. Isso norteará as ações planejamento estratégico."

Desafios com a pandemia: "Temos enorme desafio para 2021. Esse 2020 anormal traz reflexos, o clube tem dificuldades importantes, como enfrentamento do endividamento, que precisa ser feito. Como diz o presidente Alessandro Barcellos, não se pode mais negociar com o tempo. É preciso encontrar soluções e melhorar a situação do Inter."

Situação do CT em Guaíba: "O clube estuda condições de implementar esse projeto. Na última gestão, avançamos na regularização das áreas. Agora, vemos quais ações e condições temos em termos captação de recursos. É trabalho de estudo mesmo. Há alternativas. Um projeto de construção já foi concebido, mas temos de trazê-lo para o hoje. É cedo para dizer que iniciaremos em ou ou dois anos. Será dentro dessa gestão? É possível, mas não posso cravar. É um dos pilares do planejamento do clube, é prioridade."

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

254 pessoas já votaram