Texto por Colaborador: Redação 10/09/2021 - 23:59

De acordo com informações de Athos Moura, do Globo, os 17 clubes da Série A (com exceção de Atlético-MG e Cuiabá) decidiram que um escritório de advocacia irá os representar no STJD, na ação que pretende derrubar uma liminar concedida pelo presidente do tribunal, Otávio Noronha, ao Flamengo. A decisão permite que os cariocas tenham público nas partidas em que é mandante, desde que os governos locais permitam torcida nas partidas. O escritório escolhido pelos clubes foi o CSMV, de São Paulo.

O escritório ficará responsável por elaborar a tese jurídica no mandado de garantia para assegurar que o público volte aos estádios na mesma ocasião para todos os times. Eles alegam que seria injusto apenas um time ter direito a torcida, enquanto os demais não, e defenderam o princípio da isonomia. Até então, os clubes iriam dar entrada na ação em conjunto, mas preferiram delegar a tarefa para um escritório para que não haja ruídos entre eles próprios.

Já o presidente do Atlético-MG, Sérgio Coelho, não descartou a hipótese do clube jogar com torcida, segundo revelou ao GE, por uma questão de princípio: "O Flamengo conseguiu a liminar para ter jogos, junto ao STJD. Imediatamente, nós também conseguimos. Não faremos uso da liminar se o Flamengo não fizer o uso também. Se o Flamengo jogar, deixei claro na reunião, o Atlético vai usar o mesmo direito".

Cabe lembrar que os clubes decidiram que não haverá público nos jogos da série A até a 23ª rodada, que começa no início de outubro. Eles marcaram um nova reunião para o dia 28 de setembro para reavaliarem a posição. Além de decidirem entrar com a ação no STJD, eles alegaram que vão tentar, junto à CBF, que as rodadas em que o Flamengo insistir em jogar com torcida sejam canceladas. No entanto, a Confederação afirmou, em nota, que “irá analisar juridicamente a questão, uma vez que interfere na esfera de direito de terceiros adquirentes de propriedades comerciais da competição”.

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1408 pessoas já votaram