Texto por Colaborador: Redação 26/09/2020 - 20:50

Escalando um time com oito titulares e tendo a entrada surpresa de Heitor na lateral direita, o Inter recebeu o São Paulo na noite deste sábado, abrindo a 12° rodada da Série A. Em confronto que marcava o duelo do 2° colocado contra o 3°, qualquer vitória tiraria - momentaneamente - o Atlético-MG do topo. No entanto, um empate com péssimo futebol colorado marcou um confronto com domínio paulista, que pelo menos tentou jogar futebol. Saindo na frente do placar com Galhardo, o Clube do Povo viu o empate minutos depois após mais uma falha na bola aérea. Se resumindo a balões da defesa para o ataque, Chacho & Cia se viram em maus lençois quando Zé Gabriel foi justamente expulso, em entrada totalmente sem sentido no adversário. Com Lomba ainda salvando várias vezes, fato é que o Inter "conquistou" um ponto após mais uma apresentação desprovida de qualquer futebol. Com o resultado, a Academia do Povo fica com 21 pontos e iguala com o Atlético-MG, que enfrenta o Grêmio ainda neste sábado. 

Agora, o Internacional volta a focar na Libertadores. Na próxima terça-feira, os alvirrubros enfrentam o América de Cali, às 21h30 na Colômbia, pela 5° rodada da Fase de Grupos. Pelo Brasileiro, o adversário será o Grêmio, no sábado (3), às 17, na Arena.

A etapa inicial foi bastante disputada com um início intenso por ambos os lados, mas com pouca criatividade, principalmente pelo lado alvirrubro, que apenas tentava jogar no erro do time de Fernando Diniz com praticamnte nenhuma transição saindo de trás. Com uma marcação adiantada, o Inter abriu o placar em belo cruzamanento de Moisés para Galhardo, mas viu o mesmo de sempre instantes depois: uma falta boba perto da área se transforma em gol, enquanto a defesa - principalmente Cuesta - falhou mais uma vez, com Lomba novamente tendo uma falta de sorte impressionante. O empate melhorou o time paulista, que chegou mais em outros momentos, na medida que os colorados somaram mísera 1 finalização em 45 minutos (contra 4 dos visitantes).

No segundo tempo, o São Paulo seguia dominando, enquanto o Inter tentava armar jogadas a base de ligação direta para Abel e Galhardo, sempre sem sucesso. Com Edenílson e Marcos Guilherme completamente nulos, o cenário piorou ainda mais com a expulsão de Zé Gabriel, aposta de Coudet, que a cada dia se mostra totalmente errada. Com Moledo, no entanto, o time voltou a ter uma sustentanção defensiva melhor e segurou o adversário até o apito final. 4 finalizações alvirrubras contra 18 tricolores resumem mais uma atuação perdida do Inter, que parece totalmente sem rumo. 

DESTAQUE POSITIVO: LOMBA E BOSCHILIA

FICOU DEVENDO: MARCOS GUILHERME, EDENÍLSON, ZÉ GABRIEL E CUESTA

FICHA TÉCNICA & CURIOSIDADES

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1666 pessoas já votaram