Texto por Colaborador: Redação 22/10/2020 - 23:25

Ciente da imensa maratona que reserva o calendário, Coudet trouxe sete reservas para iniciar em Santiago, em duelo que valia a classificação e a ordem do Grupo E da Copa Libertadores. Precisando vencer e contar com um tropeço do Grêmio na Arena (que diga-se de passagem aconteceu), Chacho & Cia fizeram um jogo brigado mas insuficiente para sequer empatar, sobretudo graças a erros patéticos de Musto e Cuesta, entregando dois gols para o Universidad Católica. D'Alessandro abriu o placar no primeiro tempo, e Zampedri fez os dois gols da virada na partida. Mesmo com o revés, o Inter avança às oitavas de final da Libertadores como segundo colocado, com os mesmos oito pontos do América de Cali, terceiro colocado. A vaga veio graças ao saldo de gols (2 a -1). O Colorado conhecerá seu rival na próxima fase em sorteio marcado para as 12h desta sexta-feira.

Na sequência, o Internacional recebe o Flamengo no domingo (25), pelo Brasileiro, no Beira-Rio, às 18:15.

Um primeiro tempo de igual para igual resumiu os 45 iniciais. Com os chilenos colocando a bola na trave e incomodando Lomba, o Inter não ficou por menos e quase marcou com Dalessandro, na frente da área, além de cobrança de falta. Ao todo, 8 finalizações dos andinos contra 7 do Inter resumiram uma etapa inicial competitiva, com chances para os dois lados, e com Musto novamente entregando o lance do gol para os donos da casa. 

No segundo tempo, após o gol do América de Cali em Porto Alegre, Coudet foi mandando alguns titulares a campo - Edenílson, Galhardo e Marcos Guilherme - e o gol até parecia mais próximo. Com o jogo mais controlado pelos gaúchos, os colorados tentavam pressionar a saída de bola rival e pouco sofriam atrás, quase marcando com Yuri (2x vezes na frente do gol, além de Praxedes). Todavia, um lance morto no fim do jogo com Victor Cuesta - em que bastava cercar e deixar a bola sair - fez com que Los Cruzados anotassem o 2 a 1, vencendo uma partida em que as defesas se mostravam mais consistentes frente a ataques poucos criativos. Não dá para reclamar de injustiça no placar, após uma atuação apática vermelha, mas sobretudo pelos erros amadores. Uma certeza, no entanto, novamente se vislumbra: Musto não tem nenhuma condição de fardar nem no banco e Cuesta segue em má fase. 

DESTAQUE POSITIVO: MOLEDO 

FICOU DEVENDO: MUSTO E CUESTA

FICHA TÉCNICA & CURIOSIDADES

Categorias

Ver todas categorias

Tu aprova o nome de Abel Braga para substituir Coudet até fevereiro?

Sim

Votar

Não

Votar

724 pessoas já votaram