Texto por Colaborador: Redação 05/10/2020 - 18:34

Embora o tema Edenílson tenha dado uma esfriada na última semana, tudo indica que o volante de 30 anos ainda tem grandes chances de sair do Beira-Rio. Isso porque após o Al-Ittihad procurar primeiro o estafe do atleta, oferecendo um salário elevado e, na sequência, apresentar aos colorados uma proposta de US$ 4 milhões (R$ 22,6 milhões) - que foi recusada -, a direção bateu o pé e disse que só aceita conversar a partir de R$ 30 milhões, ou com pagamento à vista de quase 25, dado que o clube árabe tem fama de mal pagador.

Todavia, o que mantém o camisa 8 cada vez mais longe do Internacional é justamente sua vontade de sair, enquanto as dívidas nos cofres caminham para o mesmo lado. Caso a proposta chegue próxima ao desejado, o Internacional pode reduzir pela metade o déficit de R$ 63 milhões projetado para 2020. E com relação ao time, como fica?

De acordo com o jornalista Rodrigo Oliveira, de GZH, caso a negociação seja concretizada, a direção vermelha não pretende usar nenhum centavo dos valores na busca por uma reposição. O clube já definiu que só contratará um novo meio-campista se for sem custos, mediante empréstimo ou troca. A ideia será usar a criatividade.

Caso contrário, os meio-campistas Praxedes, Nonato e Johnny devem disputar a vaga no meio-campo. 

Jean Lucas, recentemente ventilado no Colorado, tem ofertas do Porto e do Parma. Assim, suas chances de acabar no Inter são muito pequenas, segundo o jornalista Lucas Collar.

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1539 pessoas já votaram