Texto por Colaborador: Redação 05/10/2020 - 01:47

O jornalista identificado com o Inter - Fabiano Baldasso - falou à Rádio Bandeirantes neste domingo sobre alguns temas relacionados ao colorado após o empate no clássico GreNal 428, pela 13° rodada do Brasileiro. Ainda que descontente com algumas escolhas do técnicno Eduardo Coudet, o comunicador defendeu sua manutenção e disse acreditar no seu trabalho. Confira os principais trechos:

GreNal e escolhas do treinador: "O Inter não fez uma boa partida ontem. Seria muito pequeno da minha parte comemorar gol em Gre-Nal ou empate. O Inter é maior que isso."

"O Peglow é uma das sensações do futebol brasileiro. Não tem explicação o Pottker entrar antes dele. Ele nunca deu resposta. O Heitor foi o melhor em campo ontem do Inter no Gre-Nal. Essa história da preservação, maturação do menino tem que acabar (...) O Johnny joga muito mais do que o Musto. Em São Paulo, o Johnny botou o Palmeiras no bolso. Não pode manter essas teimosias."

"Se vamos voltar acreditar que o D'Alessandro com 39 anos é a solução pro meio de campo, temos sérios problemas (...) O Edenílson não pode ser capitão do Inter independente do que acontece fora de campo. Capitão tem que ter personalidade. Em hipótese alguma pode ter a braçadeira."

Manuteção de Chacho: "Não sou a favor da saída do Coudet. Ainda to fechado com ele. Acho ele um bom treinador. Não são trinta dias que vão me fazer acreditar que ele deixou de ser. As opções de mercado que aceitariam treinar o Inter me assustam. Esse é um dos motivos que me ajuda a não querer a saída do Coudet, também."

Retorno de Abel Braga agradaria?: "Pelo amor de Deus. Abel não faz um trabalho bom fazem cinco anos. Chegou a me amolecer as pernas agora."

Categorias

Ver todas categorias

Tu aprova o nome de Abel Braga para substituir Coudet até fevereiro?

Sim

Votar

Não

Votar

724 pessoas já votaram