Texto por Colaborador: Redação 11/08/2020 - 17:15

Embora a CBF tenha anunciado na segunda-feira o acordo pela transmissão da competição fora do país o contrato dos direitos internacionais do Campeonato Brasileiro começou a valer no último fim de semana. A venda destes direitos gerará US$ 10 milhões (R$ 54,8 milhões) por ano até o fim do contrato, em 2023. Logo, serão US$ 40 milhões (R$ 219,2 milhões) a serem divididos pelos clubes, informa o UOL.

O total de 40 milhões será pago pelas empresas Global Sports Rights Management (GSRM) - que ficou com os direitos para TV aberta, TV fechada, pay-per-view, internet e streaming - e pelo consórcio Zeus Sports Marketing/Stats Perform, que terá o streaming para casas de apostas.

Os direitos ficaram com as empresas Global Sports Rights Management (GSRM) (para TV aberta, TV fechada, pay-per-view, internet e streaming) e consórcio Zeus Sports Marketing/Stats Perform (que terá o streaming para casas de apostas).

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1066 pessoas já votaram