Texto por Colaborador: Redação 22/05/2020 - 20:30

Segundo apuração do UOL Esporte e confirmada pela Conmebol na noite desta sexta-feira (22), o Tribunal Disciplinar da entidade multou Inter e Grêmio em de cerca de mil dólares, com quatro dos oito jogadores expulsos levando punição maior que a automática, pelos ocorridos no Gre-Nal 424, válido pela 2° rodada da Fase de Grupos da Libertadores, na Arena. Pelo lado vermelho, dois titulares estão praticamente fora da fase de Grupos (Edenílson e Moisés), como detalhado abaixo.

No Inter, Victor Cuesta e Praxedes teriam recebido um jogo de suspensão e multa de mil e quinhentos dólares (R$ 8,3 mil), cada um. Edenilson levou três jogos de gancho e multa de três mil dólares (R$ 16,7 mil) e Moisés foi punido com quatro partidas de suspensão e multa de três mil dólares (R$ 16,7 mil).

No Humaitá, Caio Henrique e Pepê levaram punição de um jogo e multa de mil e quinhentos dólares (R$ 8,3 mil), Luciano recebeu três partidas de gancho e multa de três mil dólares (R$ 16,7 mil) e Paulo Miranda foi punido com quatro partidas de suspensão e multa de três mil dólares (R$ 16,7 mil).

De acordo com o regulamento da Conmebol, somente punições acima de três partidas cabem recurso. Ou seja, apenas poderá recorrer à pena de Moisés. A direção irá avaliar o caso durante o fim de semana, mas deve tentar o recurso.



Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

2968 pessoas já votaram