Texto por Colaborador: Redação 08/02/2020 - 19:25

O técnico Eduardo Coudet falou aos jornalista na sala de imprensa do estádio Beira-Rio após sua 4° vitória na temporada, dessa vez diante do Novo Hamburgo, por 2 a 0, com equipe totalmente reserva. Somando apenas sua segunda partida em casa, o comandante avaliou a partida, explucou suas substituções e mensurou o andamento da nova filosofia e um mês de trabalho no clube, além de deixar em aberto mudanças no time para terça-feira, pela Libertadores. Confira suas declarações:

ENTREVISTA

DECLARAÇÕES

Sobre substituição de Nonato por Carlos Eduardo: "Não corria a bola. Então, nessa altura preferimos pela troca. Creio que os últimos 15 minutos já havia muita alma no jogo".

Thiago Galhardo pode jogar como atacante? "Não contamos com outros jogadores pra centroavante. Não sei se é a principal posição dele. Assim como Sarrafiore e D'Alessandro não são pontas (...) Não falamos depois da partida passada. Não contamos com outro jogador para ser centroavante. Não sei se é a posição natural dele, mas é o que precisamos agora nesse momento".

Momento da equipe: "É uma mudança na maneira de trabalhar, treinar e jogar. Vai ter um período de adaptação. Nos clubes grandes é difícil pedir paciência. Mas os resultados estão vindo e isso ajuda. Estamos trabalhando nesse processo para finalizar mais. Estamos trabalhando os laterais e também o todo. Entendo que necessitamos finalizar mais. Estamos conversando e trabalhando para plantar uma equipe ofensiva, mas nesse processo pelo menos o que eu sinto é que vamos crescendo, iremos melhorando com o tempo. Nenhum treinador pode chegar ao ideal sem tempo. Chegamos como vocês falaram há um mês de trabalho, a princípio uma ideia já se vê, mas vamos melhorar com o treinamento e com os jogos".

Sobre os que jogaram contra o Novo Hamburgo iniciarem contra a La U: "Vamos ver como eles se recuperam. Gramado pesado. Mas pode ser que algum deles inicie na terça-feira. Não somos um plantel tão grande. Vamos precisar de ajuda dos mais jovens e isso não é um problema (...) Vamos com os melhores que tiverem no momento. Vamos armar a equipe com o melhor que tivermos e a partir daí vamos vendo. Pode ser que alguns [que jogaram hoje, contra o Novo Hamburgo] tenham que iniciar a partida contra a La U".

Sobre o sistema de defesa: "Estamos fazendo bem o trabalho defensivo, estamos contendo bem os adversários".

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

885 pessoas já votaram