Texto por Colaborador: Redação 19/08/2020 - 22:20

O Inter venceu pela terceira vez no Campeoanto Brasileiro, dessa vez sobre o Atlético-GO, em duelo válido pela 4° rodada. Com dois tempos distintos, Chacho reconheceu a melhora após o intervalo, comentando sobre as baixas recentes (Guerrero, Boschilia) e projetando o duelo contra o Galo de Sampaoli. Confira essas e outras declarações:

ENTREVISTA COMPLETA 

TEXTO

"Nos veio muito bem o intervalo, para corrigir coisas e repassar um pouco do que havíamos preparado. Desde o início do segundo tempo, não saímos do meio de campo (de ataque) e começamos a gerar situações.  Conseguimos criar situações, em um trabalho coletivo especialmente dos nossos atacantes (...) Para mim, é importante o que estamos fazendo na parte defensiva, que inicia nos jogadores de frente. É um trabalho que nos permite não conceder muitas situações no nosso gol".

"Guerrero e Boschilia não estão passando por um bom momento. Um pela lesão, outro pela perda de seu pai. Os três pontos vêm em um momento especial, para dar um pouco de alegria num momento duro".

Sobre Pottker: "Ele sabe que cometeu um erro. Mas, para isso, somos um grupo, e trabalhamos para corrigir os erros juntos, seja por um erro coletivo ou por uma atitude como a que ocorreu".

Sobre o que acha de Alexandre Pato: "Não tenho nenhuma informação. Seguimos falando de tratar de buscar um atacante com a direção. É um grande jogador."

Sobre Yuri Alberto: "Para o ataque, hoje, escolhi Pottker e Peglow. Não sei quem vamos usar no próximo jogo, mas, certamente, precisamos de todos".

Sobre Sampaoli: "Vamos enfrentar uma grande equipe, que contratou grandes jogadores e tem um grande treinador. É um treinador que me ajudou muito. Tenho uma grande relação com ele. Me abriu as portas de cada lugar que ele esteve para poder conversar, trocar coisas".

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1600 pessoas já votaram