Texto por Colaborador: Redação 15/02/2020 - 19:42

Um pouco abatido pelo revés em seu primeiro GreNal, Eduardo Coudet foi bastante questionado em sua coletiva pós-jogo sobre a opção de sacar Rodrigo Moledo e pela falta de trocas no segundo tempo, após sua equipe jogar quase 85 minutos com apenas uma substituição. Com Fuchs começando entre os XI, confira o que disse o técnico na sala de imprensa do Beira-Rio:

ENTREVISTA

DECLARAÇÕES

"A análise que faço do jogo é que o início nos custou um pouco, depois acostumamos. Pela expulsão, tivemos que reacomodar no segundo tempo. Queríamos ganhar, buscamos, tivemos mais situações e mais possibilidades que o rival. Nos primeiros cinco a dez minutos, tivemos dificuldades, depois conseguimos controlar o jogo. Tivemos que jogar com um a menos no segundo tempo. Foi difícil, mas ainda assim tivemos capacidade de abrir o marcador."

Vermelho de Musto: "O Musto é mais recuperador, isso implica que tenha mais agressividade. Me parece que o primeiro cartão não era necessário e o segundo ele entendeu que precisava matar a jogada. Me parece que é melhor ter um jogador a menos do que sofrer um gol."

Sobre opção por Fuchs: "Ninguém tem um lugar definitivo. Não é definitivo. Pensei que seria importante contra um Grêmio com três volantes. Pensei que a gente necessitava desse primeiro passe com maior qualidade. É uma característica dele e não do Moledo."

"Tento montar uma equipe que construa o jogo desde trás. Não é uma característica do Moledo, mas ele está trabalhando pra melhorar. O gol foi na bola área, mas poderia ter sido por baixo."

"Falei com o Moledo, é um jogador muito profissional. Boa pessoa. Foi substituído simplesmente por característica. Não tivemos nenhum problema com isso."

Falta se trocas no 2 tempo: "Trocar quando a equipe estava bem não me parecia necessário. Pensamos que podíamos ir aos pênaltis, o Rodrigo (Lindoso) sentiu mas é um jogador que podia bater pênaltis, também. A partida já parecia estar indo para os pênaltis. Não vi motivos pra trocar antes."

Sobre D'Alessandro ser titular ou não contra o Tolima: "Somente amanhã pra saber como vão estar todos. Vamos avaliar."

Impressão do GreNal: "Os clássicos são diferentes. Mas todos no meu país são de muita rivalidade também, se vive com muita paixão."

"Sinto uma dor porque sinto que a equipe merecia o Clássico. Às vezes, os clássicos não podem ser tão analisados porque são passionais".

Elogios de Renato: "Já disse previamente, o Renato é um grande treinador. Também quero Gre-Nal na Libertadores, mas nós não podemos pensar nisso. Temos um adversário difícil que é o Tolima. Fico agradecido pelas palavras do Renato."

ÁUDIO REGISTRADO VIA RÁDIO GAÚCHA

Categorias

Ver todas categorias

Gustagol é um bom reserva para Paolo Guerrero?

Sim

Votar

Não

Votar

3106 pessoas já votaram