Texto por Colaborador: Redação 16/12/2020 - 18:09

Segundo informações de GZH e GE.com nesta quarta-feira (16), alguns dos detalhes que envolvem as conversas e negociações dos dirigentes do Inter com MiguelÁngelRamírez são a oferta de um contrato longo, aliado a um projeto com a valorização e utilização da base. Ramírez gostou muito do projeto apresentado pela diretoria, mesmo diante das dificuldades financeiras do clube.

O Inter ofereceu um contrato de dois anos para o espanhol, além de um aumento salarial. No time equatoriano, Ramírez recebe cerca de 50 mil dólares. O trabalho a longo prazo também é um dos pontos nos quais os dirigentes vermelhos utilizaram para fechar a contratação. O projeto do clube com tempo para implementação de metodologia também pesaram para seduzir o treinador. Outro fator é o mercado brasileiro, visto como oportunidade de dar um salto na carreira.

Por ter um perfil que aposta e utiliza bem o trabalho das categorias de base, o técnico agrada ao Comitê de Gestão do novo presidente Alessandro Barcellos. Ramírez comanda o Del Valle nas duas últimas rodadas do Campeonato Equatoriano e depois se despede do clube.

O espanhol retorna ao seu país para passar o Natal com a família e depois é esperado em Porto Alegre. Sua chegada pode ocorrer ainda antes da virada do ano, mesmo que ele não assuma o cargo de imediato. O treinador concederá uma entrevista coletiva na sexta-feira, no Equador. A expectativa é de que confirme a saída do Independiente Del Valle ao final do ano. 

Categorias

Ver todas categorias

Miguel A. Ramírez é o nome certo para comandar o Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

844 pessoas já votaram